quarta-feira, maio 02, 2007

ACREDITE: APORRINHAR FAZ BEM!

Gerald Thomas está incomodado. Ele deu um piti* em sua coluna no site Direto da Redação . Ao mesmo tempo em que lembra a todos que é viajado, que visitou a biblioteca do Museu Britânico e que é aplaudido no teatro (ah, dramaturgos...o que seriam sem os seus egos agigantados?), ele reclama que tem recebido muitas ofensas dos leitores. E diz que está pensando em desistir de ser colunista até que, oh, God!, não seja tão pessoalmente atingido. Para ele, é tudo coisa de gente invejosa, que sofre a frustração do anonimato e de não ter construído “uma obra”. Céus, quanto ego, meu Deus...

Mas, olha...adorei. E tive uma idéia. Se ele desiste de ser colunista quando tem leitor espinafrando, talvez ele desista das outras atividades, caso as pessoas o aporrinhem sistematicamente! Ou seja: vamos todos ao teatro para vaiar o Gerald Thomas! Quem sabe ele não desiste de escrever aquelas peças pedantes cheias de gelo seco? Não precisa assistir. É só ficar na porta vaiando. Escrevam para o site, atolem a samambaia despenteada com mais e-mails ofensivos!

Tem que ser insistente. Se ele aparecer dando entrevista, escrevam para o jornal, site ou emissora que o convidou. Reclamem, xinguem, aporrinhem. Ele pode, de repente, desistir de dar entrevistas. Talvez, se a gente pentelhar 24 horas por dia (ele está em Nova Iorque – alô, leitores dos "Istaites": i need a little help here!) ele desista da carreira de “artista-intelectual” e nos dê sossego. Talvez desista até da vida – não estou sugerindo nada radical como suicídio, mas... se ele quiser apelar não serei eu o salva-vidas.

Rapaz...será que existem outras celebridades com a mesma fraqueza? Ei, Caetano, como vai você? Tudo tranqüilo?

* Eu escrevi “piti” ? Credo, devo ter lido uma Capricho...

Marcadores:

18 Comments:

Blogger Jorge Sobesta said...

Walter,

Esse ton de verde ficou bem para o cabelo dele.
Não cutuca o Caetanop não que é capaz dele dar as caras aí para se defender, hehe.

Grande abraço.

quarta-feira, maio 02, 2007  
Blogger Giulia said...

Ê, Carrilhão, você está sugerindo dar um gol contra! Esses caras da "vanguarda" vivem de vaias. Quanto mais vaias, mais conceituados...
E é aí que não desistem mesmo!

quarta-feira, maio 02, 2007  
Blogger Forasteiro said...

Não concordo. Ele não é o errado. Errado é a massa de imbecis que patrocina um bosta como esse. O problema não são as idiotices existirem, o problema é a maior parte da população gostar disso.

quarta-feira, maio 02, 2007  
Blogger Serjão said...

Outro dia eu dei uma opinião sobre o GT e vou repetir agora: eu não entendo de dramaturgia a ponto de julgar a obra dele. Politicamente eu não tenho nada a dizer dele a não ser o episódio Varig. O que eu sei é que ele é um pedante e arrogante metido a Deus. Mas o Romário sempre foi isso e sempre jogou para cacete. Não sei se é o caso do GT ou ele é uma fraude mesmo. Mas se ele está pensando em desistir é que por que não deve estar agradando.
Abração

quarta-feira, maio 02, 2007  
Anonymous Gabriel "Tile" Maschion said...

Nunca ouvi falar da figura, mas bastou ler o "Sobre o autor" que já percebi tratar-se de um sujeito supimpa e humilde, que deve fazer um churrasco toda quarta enquanto assiste ao jogo do Corinthians com os amigos.

quarta-feira, maio 02, 2007  
Blogger Orlando Tambosi said...

Tô nessa, Walter!

quarta-feira, maio 02, 2007  
Blogger david said...

Pô....Gerald Thomaz é massa. O cara consegue unificar tudo de ruim que existe em um 'dramaturgo'. Se dois dele houvesse, imaginem quão melhor seria a dramaturgia brasileira!

quarta-feira, maio 02, 2007  
Blogger Cris said...

É fato matemático : a tolerância é inversamente proporcional 'a vaidade, assim como a arrogância em relação 'a competência. Talvez ele queira mesmo uma desculpa para sair de cena .

quarta-feira, maio 02, 2007  
Blogger Again and Again said...

Apoio demais, criatura insuportável de egocêntrica, mas deixa ele lá plissss, não chama de volta essa intelectualice que já temos muita excrecência por aqui...Eu acho até que devíamos propor uma lei para extraditar nossas pérolas, a pretexto de exportar "cultura", sabe-se lá o que isso quer dizer no Brasil, é um conceito muito, muito vago...
Ainda quero entender a terrível empatia que seus textos despertam, a capacidade de extrair e expressar a ojeriza coletiva... Arquétipos!

bj

Ophélia

quarta-feira, maio 02, 2007  
Blogger Paula Calixto said...

Gerald Thomas? Quem é esse?!

kkkkkkkkkk...

Como todo artista obtuso e narcizista eu acho que ele se alimenta do negativo, vindo de dentro ou de fora.

Já teve seu momento de star, quando a mídia procura no desespero algo novo pra renovar o sem graça.

As pessoas podem ver beleza no lixo ou maldade num diamante raro. Porque, simplesmente, pode existir isso tudo em ambos refletindo, em todo ou em partes, dentro de quem olha. ;)

Não critique o "tadinho". Deixe quieto.

O silêncio é melhor resposta! Principalmente prum ego cheio de forma patológica - narcizista ap extremo.
[às vezes... às vezes, claro!kkkkk...]

Beijos

quarta-feira, maio 02, 2007  
Blogger Ricardo Rayol said...

Como ele é um pé no saco e a esperança é a última que morre quem sabe ele se mata? Esse sujieto é o PC da dramturgia, vai se achar lá na pqp

quarta-feira, maio 02, 2007  
Blogger Ollie McGee said...

Ai... O Gerald Thomas me dá uma canseiiira. Tenho preguiça até de comentar. =)

quarta-feira, maio 02, 2007  
Blogger Blogildo said...

O Gerald, toma! Só pode ser...

quinta-feira, maio 03, 2007  
Anonymous didi iashin said...

GT não se acha Deus; ele acha que Deus pensa que é GT.
O cara é um chato, arrogante, acho que dá canseira até em argentino.
Eu vi a montagem que ele fez para "O Navio Fantasma".
Chance para colocar aquela roda de bicicleta do Duchamp (outro chato de galochas).
O cara devia tomar pó de flu (vide Harry Poter) e SUMIR!

quinta-feira, maio 03, 2007  
Blogger Fernando said...

Podemos fazer uma grande sociedade aporrinhadora de pseudo celebridades...para assim limpar o mundo, nao para uma raça pura, mas sem o Dinho do Capital Inicial, jah poderiamos respirar melhor!

hiahaihauihuaa

abraçao walter!

sexta-feira, maio 04, 2007  
Anonymous Moziel T.Monk said...

Vaia de bêbado vale?

sexta-feira, maio 04, 2007  
Blogger A Furiosa said...

Geraldo Tomás é too much...
Ninguém merece...
Alguém se lembra daquela ópera que ele fez?
O Cara conseguiu detonar com o Navio Fantasma.
Uma tristeza...

sexta-feira, maio 04, 2007  
Anonymous Anônimo said...

Seria legal acabar com o JABOR e o Mainardi usando essa técnica!... Ah,mas esses dois tem ego demais. Gostam demais de ouvirem as próprias vozes e lerem o s proprios textos pra desistirem assim tao fácil!...

domingo, maio 06, 2007  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home