terça-feira, abril 17, 2007

NOSSOS ATIRADORES SÃO PIORES DO QUE OS DE LÁ?

O massacre na universidade americana deixou a cúpula do crime organizado brasileiro furiosa. Alguns executivos do PCC e do Comando Vermelho estão pensando em entrar com queixa na OMC, a Organização Mundial do Comércio. Para eles, o massacre foi um sinal de concorrência desleal por parte dos americanos. Dois aspectos incomodam os criminosos brasileiros:

Produtividade
Mais de 30 pessoas foram mortas. Acredita-se que foi obra de um mesmo atirador. É muita morte para um mesmo “operário”. Sinal de exploração de mão de obra. E o sujeito usou métodos antiquados para o massacre. Tiros são para amadores. A turma aqui já está usando granadas.

Cobertura da mídia
Um sujeito mata três dezenas de estudantes à bala e vira manchete internacional. Para alcançar a mesma repercussão, o PCC precisa atear fogo em ônibus, atacar delegacias e bancos, etc. Sinal de favorecimento por parte da mídia.

Os líderes do crime prometem reagir. Eles sabem que competir com os EUA é complicado. Já estão pensando em novas ações de marketing. O PCC saiu na frente. Já bolou uma campanha para consolidar a marca. Vai espalhar outdoors com uma foto de uma velhinha baleada na testa. Embaixo, a frase "PCC é isso aí!"

Sei não, aposto como rola um prêmio em Cannes.

Marcadores:

7 Comments:

Blogger Cris said...

É muita humilhação mesmo, Walter... Éramos melhor que eles em alguma coisa! Puxa, que deprê!!

terça-feira, abril 17, 2007  
Blogger Fernando said...

Pra vc ver o quanto somos inuteis...
Nem pra matar agente presta...

Aki, um marginal sai dando pipoco pela rua e acerta duas pessoas...e olhe lá...

Agora o gringo, jah levou 30 duma vez, sem recarregar!

Os caras tao la quase dominando o Iraque, e nós nao conseguimos dominar nem o morro do RJ.

Depois qdo digo q os americanos sempre sao melhores, as pessoas acham ruim dizendo q nao sou patriota...

haihuahaahuihaiuhaihaa
Abraçao walter! ^^

terça-feira, abril 17, 2007  
Blogger Daniel F. Silva said...

Isso é humilhante pra qualquer um. Até a Coréia do Sul está na nossa frente.

terça-feira, abril 17, 2007  
Blogger Ricardo Rayol said...

Carralho, essa vc se superou. Só espero que a velhinha seja aquela de Taubaté.

terça-feira, abril 17, 2007  
Anonymous gilson said...

o problema do operário brasileiro é a produtividade. Ontem teve confronto em uma favela do Rio de Janeiro e devem ter sido disparados uns 500 tiros de fusil e tinham umas 40 pessoas envolvidas no tiroteio. Desse rolo todo morreram 13 pessoas. E lá um cara com duas pistolas matou 30 em uma pancada só. O pessoal aqui tem que investir em treinamento e produtividade.

quarta-feira, abril 18, 2007  
Anonymous Magui said...

O pior é quando generalizam lá e cá...

quarta-feira, abril 18, 2007  
Anonymous Flavinha said...

Os tiroteiros no rio nos últimos dias são o começo da nova campanha? Maior sucesso, hein?

quarta-feira, abril 18, 2007  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home