quarta-feira, agosto 09, 2006

O CUSTO DO “AI, É LIIIINDO”

Nos próximos dias só haverá um assunto nas filas de cineclube e nas cafeterias enjoadas que cobram 8 reais por café em São Paulo: como Cirque du Soleil é liiiindo (por que toda pessoa afetada estica as vogais tônicas para falar???). Eles vieram para o Brasil cobrando preços padrão mensalão pelo ingresso. E sempre que alguém mete a faca no bolso a turma que tem um puff no centro da sala fica ouriçada.

Ok, Juquinha, eu já falei deles na semana passada, mas me deixa, vai? Fato: os caras são bons. Bons pra cacete. Eles merecem cobrar caro mesmo. O problema é a platéia. Uma apresentação como essa é igual a festival internacional de cinema: atrai todos os baba-ovos, frescos e mudeeeernos da cidade. No meio tem os fãs, gente séria que curte e saca a genialidade dos caras. Mas são minoria. O resto é deslumbrado que vai lá para ser visto e para contar para as amigas durante a próxima vernissage. É para isso que se cobra 300 reais. É o custo de poder mostrar o ingresso para os outros.

Já posso ver a cena: o sujeito convida a gostosona do escritório para jantar. Leva a rapariga para um restaurante francês qualquer que serve comida em pires, pede vinho Bordeaux e Petit Gâteau. Na hora de pagar a conta, ele saca o cartão de crédito e deixa, tipo assim, sem querer, cair o ingresso na mesa. A garota vê e suspira: “Você vai no Cirque du Soleil???Ai, dizem que é liiindo”. O sujeito sorri, como quem diz “Viu? Além de fodão eu sou culto pacas!” Bimba! Faturou a garota, sem nem precisar botar o cd do Kenny G.

As revistas de celebridades vão ficar coalhadas de fotos de gente que foi ver em esquema VIP (corto o meu braço se a Angélica e a Luciana Gimenez não estiverem no meio). De repente, todos viraram fãs. Mesmo os tipos mais antas, incapazes de ler um rótulo de maisena (ei, Gimenez, estou falando com você!) vão dizer: “É liiiindo!” Eu sei, é lindo mesmo, mas sacou onde eu quero chegar, Juquinha?

Eu tenho 300 reais para pagar pelo ingresso. Mas não vou. Até gostaria. Mas não quero ouvir o coro de “Ai, é tuuuudo”. Vou ver samba de boteco aqui na esquina. A cerveja custa 2 “reau” e neguinho que fala que é lindo toma porrada.

11 Comments:

Blogger Kafé Roceiro said...

Gostei por demais da explicação para o Juquinha. Foi um tanto quanto convincente mesmo!
Inté,
Kafé.

quarta-feira, agosto 09, 2006  
Blogger Moita said...

Adorei o post. rssss.

Só não vou dizer É liiindo!
rssss

Abraços

quarta-feira, agosto 09, 2006  
Anonymous Camila Smid said...

E é nessas horas q eu me dou conta de que toda vez que vejo aquela propaganda do Bradesco+Cirque du Soleil, eu digo "Mew, que liiiindooo..." quase sussurrando...


q feio :S

quarta-feira, agosto 09, 2006  
Anonymous Ordisi said...

Eu já os vi antes, em Las Vegas, e é um espetáculo fantástico. Mesmo. Também já comprei meus ingressos aqui em Sampa. Não preciso mostrar pose pros outros, mas já que vc. exige, aí está. Pô!

:)

Abrs.

quarta-feira, agosto 09, 2006  
Anonymous Anônimo said...

walter bundaum...t amo!

bj!

quarta-feira, agosto 09, 2006  
Blogger Serjão said...

Eu não sei, Walter. Acho que o circo de Soleil é um evento acima deste tipo de coisa. Claro que vai ter de tudo: Ex BBB, artistas fazendo presença e outros bichos. Mas a qualidade do espetáculo vai fazer com que os assistentes pensem na propria exposição como um item se não secundário pelo menos par a par. O circo é imperdível mesmo, Walter. Se vale 300 contos é outro papo. E não é como desfile de escola de samba que vc nota que os caras vão somemnte para ser vistos e comentados, passando um sacrifício danado num calor insuportável podendo estar em outro local muito melhor. Eu aqui no Rio só não vou pq não tenho saco para ficar quatro horas em fila. Nem por mulher eu já fiquei em fila esse tempo todo. Se neguinho toma um café de oito paus aí, sim, é deslumbre e vontade de aparecer pois não há café no mundo que custe isso. E além disso nehum café VALE isso.(Aliás nem em Tóquio custa isso)
Com isso tudo, terminando, diversão é um estado de espírito. Vc pode perfeitamente ter uma noite inesquecível no samba do Boteco da sua esquina. Os melhores shows e espetáculos que assisti foram de graça ou quase.
Um abração

quarta-feira, agosto 09, 2006  
Blogger Ricardo Rayol said...

Mandou muito bem. Essa turma de pimba's é de doer. O pior que pela lei Rouanet, a qual eles aderiram, exige que haja acesso a quem nao pode pagar. E como é que fica?

quarta-feira, agosto 09, 2006  
Blogger Bruno said...

ahahah! mto bom cara. Se bobear sai uma "Caras" especial só com o evento. Imagina o Frota assistindo? Genial.

Abs!

quinta-feira, agosto 10, 2006  
Blogger Barbz Nardini said...

Só pra avisar. Eu ai em cima.

Abs meu velho!

quinta-feira, agosto 10, 2006  
Anonymous Orlando said...

eu ia dizer que comprei o ingresso para o espetáculo. Mas aí vão me confundir com, sei lá, o Marcos Mion..fica mal!

Gostei daqui, Walter!

quinta-feira, agosto 10, 2006  
Blogger Bruno said...

ahahaha muito bom este Walter, nada mais irritante do que o "tuuuuuuuudo de bom"

terça-feira, agosto 15, 2006  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home