quarta-feira, março 07, 2007

UM PÉ DE MACONHA QUE CANTA

Entre os vários mistérios da MPB – a lista inclui, entre outros enigmas, “Quem deu aquele nariz para a Maria Bethânia?” – está Otto. Otto é esse ser desengonçado aí do lado. Ele meteu na cabeça que é cantor. Pior: convenceu um bocado de críticos deslumbradinhos de que é MESMO um cantor. Ganhou o direito de lançar discos, dvds ... Virou artista. E você, Juquinha, só não é artista porque lhe falta mais cara de pau.

O fato de que a maior parte dos críticos musicais brasileiros não sabe distinguir um pedaço de bosta de um pedaço de picanha, o que deve dificultar horrores os churrascos de final de semana, não explica totalmente o fenômeno "Otto". Ele ainda é um enigma. Não sabe cantar, não sabe compor e não sabe dançar. O que Otto faz? Otto come a Alessandra Negrini. Os cientistas do Núcleo EBA (Estudos de Boçalidade Aplicada), da Walter Carrilho Inc., decidiram estudá-lo.

Histórico
Otto era percussionista de bandas de Mangue Beat. Nos vídeos e shows, era aquele cara que ficava no fundo, fingindo que tocava pandeiro. Não fazia falta, mas também não atrapalhava. Só que ele era ambicioso. E decidiu se lançar em uma carreira solo. O nome do disco “Samba Pra Burro”, diz mais sobre o autor do que se imagina. Vejam um exemplo da poesia que compõe o disco:

"Vou trocar o meu carro/ Vou trocar numa Renault/ Ou........../Ou se não Num Peugeot “
Letra da música “Renault /Peugeot” (e essa é,
pasmem, toda a letra da música!)

Com letras como essa, a obra ganhou o prêmio de “melhor disco de 1998” da Associação Paulista de Críticos de Arte – que deviam estar fumando alguma coisa quando deram o prêmio. O que nos leva à conclusão dos nossos cientistas: sim, tem narcótico na parada.

Maconha
Quando alguém fuma um baseado, costuma ficar mentalmente afetado. Ri com mais facilidade e passa a ver genialidade em qualquer bosta. Analisando o DNA de Otto, os cientistas descobriram que ele é, na verdade, o resultado do cruzamento de um pé de maconha com um tamborim.

Sendo assim, perto dele, todo mundo passa a sofrer os efeitos enebriantes da marofa. “Candom Black”, nome do segundo disco da criatura, vira uma puta sacada - notaram como ele se amarra em um trocadilho? Maconhado, qualquer um acha Otto um Fernando Pessoa. E até a Alessandra Negrinni decide dar para ele – meninas, me digam: vocês dariam para ele sem antes anestesiar a mente?

E devido à sua maestria em enganar a todos, Otto recebe o legítimo “selo picareta”, que andava meio esquecido (valeu a lembrança, Serjão). Otto vai para a galeria dos autênticos picaretas, junto com as outras laureadas, Preta Gil, Luciana Gimenez e Angélica. Parabéns, Otto. Mas não precisa vir buscar o troféu. Manda a Alessandra. É melhor.

Marcadores:

33 Comments:

Blogger Mulher que Escreve said...

Que música é essa tocando no fundo? Acho q devia ser o Otto! Afinal, ele precisa da mídia a seu favor, porque NUNCA ouvi nenhuma música dele! Outra: Vamos dar um desconto, Sr. Jornalista, para o público feminino leitor de Jornalismo Boçal! Ta chegando o Dia da Mulher! Que tal um pouco de reconhecimento... Sugiro uma homenagem a tantas mulheres que fizeram e fazem história neste país! Ou só a Íris pode?

quarta-feira, março 07, 2007  
Blogger Serjão said...

Walter, meu caro, como é que vc tem a ousadia de criticar um Mozart desse jeito? Além disso ele é amigo do Bob lá do pina de Copacabana (rs)

Vc nãp poderia ter escolhido espécime mais adequado para reinaugurar o selo "Picareta"

O lance da "Alê" realmente é inexplicável. E fora a incorencia musical onde ele grava até "Pra ser minha mulher" do Ronie Von.

Tenho a certeza de que houve profundas dúvidas quanto ao homenageado de reestreia. Seu jorge tb era fortíssimo convidado. ou não (rs)

Abração

quarta-feira, março 07, 2007  
Anonymous Camilo said...

Esse lance de Renaul/Peugeot é sério?

quarta-feira, março 07, 2007  
Blogger david said...

Porra, o cara dos "Bandolins" não come a Paloma 'Bocão' Duarte?

É caro Warte...o negócio é o tal óleo de peróba e o visual hippie-anos-90-remodelado-parecendo-anos-70...

quarta-feira, março 07, 2007  
Blogger Bruno Ferrari said...

fora aquela porra de mania de ficar fazendo caracoizinhos no cabelo... Lembro dele no Jo Soares... Eu acho que cheguei a vomitar na época. Ah, nao lembro

quarta-feira, março 07, 2007  
Blogger Ygor said...

Opa,Walter.
Leio teu blog diariamente e sempre rio com os diversos posts que você coloca, principalmente pra criticar a beocidade da cultura brasileira e de sua crítica.

Otto realmente é um espécime raro...


"Acabo de comprar uma tv a cabo..."
hehehe.
Valeu.

quarta-feira, março 07, 2007  
Blogger Blogiana said...

Aí teria que anestesiar não só a mente...haja xilocaína.

quarta-feira, março 07, 2007  
Blogger Blogildo said...

Caraca! Esse Otto tá "fumadão" nessa foto!

quarta-feira, março 07, 2007  
Blogger Blog do Beagle said...

Walter, juro que nunca ouvi falar nesse camarada. Jamais ouvi a voz dele e também, não conhecia a "preciosa" letra de música que vc publicou. Acho que sou muuuuuuuuuito ignorante. Diga-me, caro crítico, você aprecia a tal de Ana Carolina???????? Bjkª. Elza

quarta-feira, março 07, 2007  
Blogger XandeLima said...

Poxa Walter, fiquei decepcionado com você, falar do Otto, de trocadilhos e não falar de "TV a Cabo".

- Acabo de comprar uma TV-à-Cabo...
- ... o que dá lá é lama...

E assim vai, mas particularmente, gosto dessa música. Ah, sem dúvida alguma o maior feito do Otto é comer a Alessandra Negrini, que graças... estará na próxima novela, já estava com saudades.

Abraços.

quarta-feira, março 07, 2007  
Anonymous Fernando said...

Sabe...as vezes acho que temos que agradescer aos ceus por este estrupicio ser cantor.

Pq?

Simples, já imaginou se ele resolvesse por na cabeça q era cineasta ou apresentador de programa?

Ai sim teriamos um problema serio, hahahaa


Grande abraço walter!

quinta-feira, março 08, 2007  
Blogger Giulia said...

Tão com inveja de quê? Só porque ele sabe usar bem sua "picareta"?

quinta-feira, março 08, 2007  
Blogger mercedes poison said...

A única vez na vida q ouvi uma "música" do Otto, a letra dizia algo como: "bati meu carro, capoteeeei"...
Justiça seja feita, ele não é descendente de um autêntico pé de maconha "do bão", mas sim daquelas trouxinhas de maconha misturada com bosta de vaca que uns manos vendem por 5 "reau" aqui na redondeza.

Projeto picareta é sensacional!!O que não te falta é matéria-prima!!;)

Bjs

quinta-feira, março 08, 2007  
Anonymous Nuno said...

O pior foi naquela época que ele travou uma discussão com jornalistas que o criticavam, como sempre defendeu-se de forma confusa e ambígua, deu pena.

É o típico bebê chorão, não faz nada que se presta dessa vidinha medíocre e ainda fica ofendido de ouvir umas verdades.

Boto nesse mesmo patamar gente como os Titãs, Seu Jorge, Max de Castro (na verdade o casting inteiro da Trama, que é uma vergonha de tão ruim).

quinta-feira, março 08, 2007  
Blogger Cristina Lima said...

David: meu querido , vou defender o "cara dos bandolins". Ele nem se compara a esse oto.

Walter: Em termos de picaretagem quem merece um trofeu é a Gimenez. Afinal de contas Mick Jagger ainda é Mick Jagger.
beijos

quinta-feira, março 08, 2007  
Blogger Ricardo Rayol said...

Para quem acha que paulo Caolho e Bruna Putistinha são escritores achar esta mula cantor é muito muito fácil. Ele deve seguir as práticas do mago Heitor Caolho e levar críticos venais pra comer sua senhora esposa. O Serjão tem o bundão da semana e você o picareta, gostei da idéia e vou criar o meu premio.. talvez o cabo no bundão.... ahahahahahaha

quinta-feira, março 08, 2007  
Blogger Daniel F. Silva said...

Podia ser pior. O cara poderia ser presidente da República...

Ih, esqueci que alguém bem pior que ele está lá.

quinta-feira, março 08, 2007  
Blogger talvez? said...

Nossa, uidshudhusihadas, que engraçado, com certeza o melhor post que já li em todos os blogs, meu querido, meus parabéns, MUITO BOM, me diverti D+ da conta. Parabéns, bravo! ótimo! =)

sexta-feira, março 09, 2007  
Blogger Cris said...

Tens razão, Walter... dava pra ele não... nem de porre!;)

sexta-feira, março 09, 2007  
Blogger Forasteiro said...

Adorei a descrição. Perfeita.

sexta-feira, abril 13, 2007  
Anonymous Anônimo said...

Meu amigo!!!!
Perfeeeeeeeeito!!!
Eu via este songomongo dando entrevista no Metrópolis etc etc e e pensava: o que viram neste imbecíl????? e a Alessandra Negrini tá com ele? Ela é songa assim tbm? Será?
Vc descreveu a anta de forma inegualável!!!!!!

quinta-feira, junho 07, 2007  
Anonymous Anti-herói said...

Realmente...só gente "Cult"...É,a cada dia q passa estou mais certo de que, "A arte cria o mundo,os críticos criam as regras."
Taí um monte de barbudo com inveja do cara pq ele pega a Negrini,ai, começam a apredejar o cara com argumentos totalmente deturpados...E a tal "mulher que escreve" com certeza,vc nunca deve ter ouvido nenhuma música dele,inclusive ta aí um dos motivos pelo qual vc não tem o menor direito de criticá-lo e outra,se vc nunca ouviu é pq não ta na mídia,e se não ta na mídia é sinal de q é feito com sinceridade,sem pretenção de vender,como é a maioria dos "artistas" do Brasil.Ai gente,na boa,num vem querer dar uma de intelectual só pq comenta em blog não,pq qualquer mané hoje em dia tem um,e qualquer mané tb comenta!
E o bruno ferrari??Ahaha olha a cara de discolado!e o comentário super original "acho que chegei a vomitar na época" ja ta bem grandinho pra falar isso,não?
ah,e tem tb o XandeLima la,po cara,um cara intelectual como vc,que até comenta em blogs de pessoas e inteligentes e esclarecidas vendo novelas?aaahh...
E sem esquecer do Daniel F. Silva,o forte dele é política!esse ta por dentro!Olha o comentário super interado no assunto,e sem contar deverás original tb: "Podia ser pior. O cara poderia ser presidente da República...
Ih, esqueci que alguém bem pior que ele está lá."

Resumindo,só gente Pseudo-intelectual ahahahaha
Q tosqueira esse blog!

bjos para todos!

sábado, agosto 04, 2007  
Blogger Walter Carrilho said...

Uau, Anti-herói! Como você é revoltadinho...já pensou em ser deputado? Se não der certo, sei lá, compra um barraco e convida o Oto para morar com você. Ele deve ser super "sincero"...

abs

sábado, agosto 04, 2007  
Blogger philippe leon said...

Acho de uma tremenda falta de sensibilidade estética falar assim da obra do Otto. Pra quem quer coisas fáceis, Bossa Lounge na abertura da novela, Ivete no Maracanã, Tom Jobim revisto e imitado aos montes, Otto realmente é uma merda.

Mas se você prestar atenção na inventividade do cara, vai perceber melodias lindas, idéias genias (com poucas palavras, assim como Arnaldo... Tom Zé... Caetano... Gil...) e uma mistura de sons e sentimentos muito ricos.

Por ora, eu adoro a música do Renault/Peugeot!

segunda-feira, agosto 20, 2007  
Anonymous Anônimo said...

Otto era meu vizinho aqui na cidade universitária, já fumei altos baseados com ele, ele é um cara legal. Ele sempre passva correndo pela avenida general polidoro pra comprar pães na padaria, andava as vezes de samba canção e de botas do exército nas suas idas a padaria.
Eu não gosto do som de Otto, mas ele chegou onde qualquer jornalistinha gostaria de chegar, FAMA.
te fode otário, deixa de falar merda, jornalistinha de blog, vai encher o rabo de pênis pequeno pra ver se cabe muitos.

ESPAÇO RESERVADO PARA RIR DOS OTÁRIOS:

UHAUHAUHAUHUAHUAHUAHUAHAUHAUHUAHUAH!!!

segunda-feira, setembro 15, 2008  
Blogger Walter Carrilho said...

Anônimo: toda essa raivinha só porque eu zoei com o seu namorado? Tsc, tsc, fica assim, não, garotinho. Morde um travesseiro que passa.
PS: Otto? Fama? A-ham...

terça-feira, setembro 16, 2008  
Blogger Everton said...

Puts, que lixo de matéria, com todo respeito caro Jornalista, mas "um jornalista atrás da notícia...beeem atrás..." não é nada genial.

Na matéria está escrito "pandeiro" e tem uma foto de um tamborim?!

Que ridículo, pra quem conhece um mínimo de Otto sabe que essa matéria é das mais baratas, aproveita de um cara pouco conhecido para distorcer a realidade, típico de "jornalistas".

Talvez o senhor poderia fumar umzinho e ouvir um Otto, quem sabe não cria um pouco de imaginação e faz algumas tirinhas boas quanto do Angeli, outro "maconheiro-maloqueiro".

Abraço =]

sexta-feira, janeiro 16, 2009  
Blogger Walter Carrilho said...

Everton: tsc-tsc... caro Everton, lamento saber que vc é mais um desavisado que caiu no conto do pandeirista louco. Aposto que vc também acha Max de Castro um gênio... abs

Ps: Obrigado pelo toque do pandeiro/tamborim - realmente não manjo nada desses instrumentos que os manés tocam no boteco.

sexta-feira, janeiro 16, 2009  
Blogger Everton said...

hahah, não gosto do Max de Castro e por nada sobre o pandeiro...ahaha

Abraço!

segunda-feira, janeiro 19, 2009  
Anonymous Anônimo said...

Bom dia,
não sei do que escreve em seu blog nem do que gosta. Porém, estava procurando uma entrevista específica num buscador de internet e achei essa matéria.
Realmente interessante. Se falasse sobre Restart, Fresno, KLB, essas bandinhas adolescentes que fazem de tudo para virar notícia e 'criam' tendências, tudo bem..
Agora fiquei assim, bem intrigado, com essas 'observações' que faz a cerca do cantor Otto.
Em primeiro lugar, o nome Otto (o dele mesmo, do cantor) tem um certo significado, escolhido não por acaso pelo seu pai. Procure saber quem foi este!
O atual cantor a que se refere é, de fato, músico, ganhou a vida nos metrôs da Europa (sim, Europa, não na rodoviária de Acari) antes de integrar o Mundo Livre S/A. Otto é um integrantes do movimento 'mangue beat' (último movimento musical de relevância surgido no Brasil - tirando os novos emos né, heheh). Falar que o cara fuma maconha, meu Deus, o que isso tem a ver?
O cara ganhou prêmios com 'músicas e rimas xulas' .. haha, algumas de fato podem ser sim. Até Chico Buarque (que pra mim é o melhor de todos) já fez música 'pobre'. Lembre-se que o cara foi eleito pela crítica , entendida no assunto. Você é?
"O cara come a Alessandra Negrini".. Poxa, essa foi o fim. Como se o cara 'precisasse' ter que se apoiar nela para crescer. Ela é uma ótima atriz, linda, gostosa.. Ficaria com o cara pra que? Tipo.. e quanto a isso, nem cabe a gente discutir, isso é vida pessoal, ninguem tem nada com isso. Acho que rola mais é uma inveja por sua parte ai. hehe
Enfim, vou ler mais seu blog, abri uma outra página aqui, parece ter coisas legais sim. O meu, nem adianta discutir, por que posto muito raramente e sobre coisas bem particulares mesmo.
Mas é isso ai cara.
Abraço.
Ah, não sou integrante do fã clube do Otto não, apenas conheço um pouco e admiro algumas músicas.
Abraços

www.arquitetoleandromota.blogspot.com

sábado, julho 31, 2010  
Blogger Walter Carrilho said...

Anônimo: primeiro, obrigado por ser um raro caso de crítica tranquila, sem espinafrações, etc.

Só posso dizer o seguinte: não se impressione com prêmios. Picaretas ganham prêmios, também.

Inveja? Não, não rola. Costumo inejar artistas realmente talentosos.

Agora perceba: assim que o lance dele com a Alessandra acabou parou a babação da crítica. Curioso, não? Ele agora está de volta, reclamando da crítica. Não faz sentido?

De resto, não leve a sério os comentários sobre maconha, etc. Não leve a sério o meu blog. Mas não leve a sério o Otto também.

um grande abraço.

sábado, julho 31, 2010  
Anonymous Anônimo said...

mangue beat , mallu magalhães ,otto Karina Buhr,los hermanos haja maconha rsrsrrsrs

domingo, maio 05, 2013  
Anonymous Anônimo said...

ele tem escala musical pra tocar tamborim é um génio merece ser reverenciado kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

domingo, maio 05, 2013  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home