segunda-feira, fevereiro 12, 2007

UM SAFARI, MAS SEM OS LEÕES

Como todo esse habitual blá-blá-blá (“vou aumentar o policiamento”) não convence mais ninguém, o jeito é encarar a violência de outro jeito. Como? Pelo lado turístico, talvez. As campanhas internacionais da Embratur são de uma miopia atroz. Botar baiana com acarajé e garota de biquíni em pôster não dá mais Ibope. Eu disse em um blog amigo: o lance é fazer do Brasil um point para quem curte safári. Os últimos casos bizarros de violência só comprovam a tese. Tem maluco que paga uma baba para ficar fuça a fuça com leões africanos. O Brasil seria um estágio avançado para gente desse naipe. O máximo que um leão faz é morder a sua jugular. O risco por aqui é ser queimado vivo. Adrenalina pura.

O centro de São Paulo, por exemplo, não é muito diferente de, sei lá, o Congo. Um vacilo e você é descarnado por hordas de trombadinhas. Um passeio na baixada fluminense é mais “divertido” do que abraçar crocodilos. Investir nessa linha daria mais dinheiro do que insistir em todo o resto, como exportação de grãos e jogadores de futebol. Basta dar uma adaptada na paisagem. Floresta a gente (ainda) tem. Para nós, nativos, ficará a tarefa de vestir tanga e usar colares de osso. Vá aprendendo a linguagem adequada: “Vai um suvenir aí, Buana?” E para aumentar o exotismo fake, a gente coloca o Dado Dolabella e a Luana Piovani como Tarzan e Shena, a rainha da selva. Eles não falam nada muito melhor do que uga-uga, cairia bem.

Claro, vai ter gringo desembarcando com armas de caça, louco para capturar um seqüestrador e levar a carcaça para decorar a parede da casa. A polícia local vai acabar agradecendo. Se um gringo morrer durante a caça, vai virar relato na Seleção do Reader´s Digest. Bacana.
É que eu digo sempre: o Brasil tem futuro e tem conserto. O problema é que estão girando o parafuso para o lado errado.

PS – lembrando: e a gente vai sediar o Panamericano. Putz, o atentado em Munique, 1972, vai virar coisa de criança.

Marcadores:

13 Comments:

Anonymous André Pudiesi said...

Opa, o Bush vem aí!!

É agora!!

segunda-feira, fevereiro 12, 2007  
Anonymous Anônimo said...

Com o aquecimento, andar pelado até que vai bem.

segunda-feira, fevereiro 12, 2007  
Blogger Ibrahim al-Muthanna said...

Me lembrou um texto do Luiz Fernando Verissimo no qual o motorista de um ônibus turístico encontra na rua um cavalheiro o qual lhe devia no jogo do bicho. O motorista começa a brigar com o devedor, enquanto velhinhas americanas sorriam e tiravam fotos da briga de nativos(teriam o que contar pras amigas que preferiram um cruzeiro no caribe!), enquanto o devedor gritava: "Rélpi madame, é secresto!".

segunda-feira, fevereiro 12, 2007  
Blogger Serjão said...

Como sempre tudo perfeito. Mas não dava para botar a Preta Gil como a Chita? Ela, dado e Luana fariam um triangulo amoroso interessante.

Abração

segunda-feira, fevereiro 12, 2007  
Anonymous flavinha said...

Todo mundo de tanga? Até o Lula? Com aquele barrigão? Deus me livre!

terça-feira, fevereiro 13, 2007  
Blogger Ricardo Rayol said...

Walter, estou abrindo uma agência especializada nisso. Quando for presidente do Brasil faz a Embratur abrir uma linha de crédito bacana pra eu que te repasso 20%.

terça-feira, fevereiro 13, 2007  
Blogger DELETADO said...

Nem me fala!
Esatou até com medo do PAN!
Embratur?
Só louco para fazer turismo nesta terra sem lei!

Abraços
SôniaSSRJ

terça-feira, fevereiro 13, 2007  
Blogger Glênio Gangorra said...

Como jornalista sua opinião é importante para o amplo debate democrático que levamos no nosso blog. Nós, militantes ativistas, sempre acompanhamos o noticiário da direita reacionária e facista. Leio que, numa matéria elegante e cheia de dedos que o reacionário governador José Serra deve demitir afilhados de Alckmin. Uma matéria que "alivia a barra" do PSDB. Se fosse o nosso amado presidente ou o PT, o tom seria outro bem mais contundente. O reacionário direitista e governador de São Paulo, José Serra, diz que seus critérios são profissionais. A matéria revela o voraz apetite dos tucanos por cargos. Não sabemos se imitam os partidos da base aliada e o próprio PT, o que seria uma pobre imitação, ou pensaram isso de modo próprio, imitando o jeito peculiar de fazer as coisas de nosso glorioso PT. Enfim, uma pérola de nosso novo e objetivo jornalismo, demonstrando a necessidade urgente de se revolucionar, dentro das diretrizes bolivarianas, o direito de livre expressão da imprensa.

terça-feira, fevereiro 13, 2007  
Blogger david said...

Vai dar merda Walter...ah vai...

terça-feira, fevereiro 13, 2007  
Anonymous clóvis said...

Se morre uns americanos no pan, vão acabar trazendo a swat pra cá. Quem sabe dá jeito, resolve alguma coisa, Walter, já pensou?

quarta-feira, fevereiro 14, 2007  
Anonymous Fernando said...

Espero e rezo com força, para q o Caca Diegues nao leia este seu post!

Vai q ele tem uma brilhante hiper ideia em adaptar isso para uma super produçao nacional intelectual.

Ai sim ia ser o fim!

haihiahuauihuiauaahiaa
Abraçao.

quinta-feira, fevereiro 15, 2007  
Blogger TV said...

Sem falar no city-tour por quatro bairros, amarrado no cinto do carro...

quinta-feira, fevereiro 15, 2007  
Blogger TV said...

Sem falar no city-tour por quatro bairros, amarrado no cinto do carro...

quinta-feira, fevereiro 15, 2007  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home