sexta-feira, agosto 24, 2007

ATENÇÃO: CONTÉM FRESCURA

A epopéia continua: Walter Carrilho continua tentando ler um livro de Caetano Veloso. Jornalismo suicida é isso aí.

Remédios e alimentos industrializados costumam vir com avisos. "Contém glúten" ou "Inadequado para gestantes". Os livros do Caetano deviam vir com avisos, também: "Contém altas doses de frescuras e auto elogios". Sou alérgico a essas coisas. Ontem fui salvo pela minha esposa, que me me encontrou prostrado no chão, babando e tremendo. Eu havia acabado de ler o seguinte trecho: "Fui eu, no entanto, o primeiro a mencionar a Coca-Cola numa letra de música no Brasil" ("Verdade Tropical", pág. 23). Sim, Caetano é revolucionário. A humildade do autor me provocou uma crise epilética.

Eu estava há quase uma semana tentando passar da introdução. Decidi fazer como todo bom brasileiro: trapacear. Achei melhor pular trechos e ler apenas algumas linhas de cada parágrafo. Mas mesmo essa estratégia não diminui os riscos. A gente acaba trombando com trechos como esse: "Eu tinha intuições filosóficas complicadas. Senti com muita força a evidência solipsista da impossibilidade de provar para mim mesmo a existência do mundo" (pág. 27). Antes que você pergunte: "Solipsismo - Doutrina segundo a qual a única realidade no mundo é o eu" (ok, fui ver no Aurélio). O sistema solar não gira em torno do sol. Gira em torno do umbigo de Caê.

Sinceridade? Não sei se saio vivo dessa leitura...

Marcadores:

28 Comments:

Blogger Fábio Mayer said...

Cara! Fiquei com ânsia de vômitos depois desse seu relato... se eu fosse corajoso como você para ler esse livro, acho que batia as botas!

sexta-feira, agosto 24, 2007  
Anonymous emilia said...

meu pai tem vinis e cds de caetano, mas hj em dia mal escuta. vou mandar ele comprar esse livro.
Aí ele vende os vinis e os cds na hora em que terminar.

Tem um dvd dele aqui, é uma viagem... no final ele chora pq recebeu no finalzinho do show a noticia que jorge amado tinha morrido! e depois ele canta aquele "êta êta é a luz de tieta êta êta!

;) :*

sexta-feira, agosto 24, 2007  
Blogger Serjão said...

Vc vai sair vivo. Tenho a certeza. mas se quiser passar por uma outra prova, clique aqui:

http://www.americanas.com.br/prod/125070/DVDStore

Aí é que eu quero ver se vc é corajoso mesmo.

Boa sorte.

sexta-feira, agosto 24, 2007  
Blogger Pati said...

Eu tbém achei essa frase sobre a Coca-cola uma das coisas mais irritantes do livro!
Outra que me irritou demais foi qdo ele disse que as pessoas que gostavam de rock à billy eram extremamente desinteressantes. Isso em tom extremamente pejorativo, afinal Caê é inteligentíssimo.

sexta-feira, agosto 24, 2007  
Blogger Walter Carrilho said...

Em�lia: vc teve coragem de ver o dvd inteiro? At� o final? Vai virar minha her�na.

Serj�o: s� assisto o filme com uma faca ao lado para cortar os pulsos.

Pati: Vc tamb�m leu o livro! Voc� terminou? E t� viva???

sexta-feira, agosto 24, 2007  
Blogger Pati said...

Walter: Eu não terminei não! Comentei no outro post que suportei tamanha chatice somente até a página 160.

sexta-feira, agosto 24, 2007  
Blogger Walter Carrilho said...

Mesmo assim...que coragem! Eu tô penando para passar da página 30.

sexta-feira, agosto 24, 2007  
Blogger LP said...

Vou te emprestar "O Caminho das Borboletas", livro da Adriane Galisteu contando sua linda trajetória com o amor de sua vida, Ayrton Senna.
Leia na sequencia do livro do Caetano e você nunca mais será o mesmo... Se seu cérebro sobreviver.

sexta-feira, agosto 24, 2007  
Blogger seis passeios pelos bosques da ficção said...

credo....cada coisa!!! Vc é um bravo por ler isso!

sexta-feira, agosto 24, 2007  
Anonymous didi iashin said...

Sabem que esse livro, duas semanas depois do lançamento, já estava na banca de ofertas?
Sim, eu me recordo (como no livro do Marcello Mastroianni).
Não li, não leio e não lerei, pois não tenho o espírito kamikase do Walter.
Pior que isso, só assistir ao vídeo falando do 3.º congresso desse partidinho do capeta ...

sexta-feira, agosto 24, 2007  
Blogger Moita said...

Walter

Se você chegar a página 40, aí você será meu heroi.

Abraços fraternos

sexta-feira, agosto 24, 2007  
Blogger johann.dakitsch said...

Olha Walter, não sei como você consegue, precisa muita coragem e força pra poder resistir a isso...mas afinal, qual a maldita "verdade tropical"? Que Caê é convencido e freco? Ora, isso todo mundo já sabia...

sexta-feira, agosto 24, 2007  
Anonymous Simone Maia said...

Caetano devia era lançar um daqueles livrinhos de bolso, do tipo "Momentos de Sabedoria", ou coisa assim. Você abre aleatoriamente e lê o sábio pensamento soli... soli o quê?
É isso que dá tomar muita água de coco! Primeiro nego pensa que é artista e monta um tróço "télúricu" tropicalista-transcendental. Depois, acha que é filósofo e, já no estado avançado do vício, nutre desejos de alcançar a sabedoria da Madonna...

Melhor internar logo!

sábado, agosto 25, 2007  
Anonymous Leandro said...

Pior que esse livro de Caetano, só mesmo o plágio disfarçado de A Revolução Dos Bichos, feito por Chico Buarque nos anos 70 um tal Fazenda Modelo,quem conseguir ler mereceria um nobel da paciência...

sábado, agosto 25, 2007  
Blogger Doutroladodomar said...

Mas Walter , a blogosfera está também repleta de solidos solipsistas ( Obrigada, fofo, você me acrescenta )!

sábado, agosto 25, 2007  
Blogger Palomon Chunchón said...

Mucho preocupame las condiciones en que usted llegara al final de esta lectura cabrón...

sábado, agosto 25, 2007  
Anonymous Giovani Mrozkowski said...

Walter, quando você começou com essa história de ler o livro do "Caê", confesso que nem dei muita bola, mas agora, tô começando a ficar realmente preocupado. Cara, vai por mim... desiste enquanto é tempo. Começou com um ataque de epilepsia e sabe-se lá o que pode vir depois. Já parou pra pensar o que seria de você se sua esposa não estivesse por perto nessa hora? Por favor, não me leve a mal... Nós, seus leitores só queremos o seu bem. Um abraço.

sábado, agosto 25, 2007  
Blogger Again and Again said...

Decida por nós se o livro vale o nobel papel higiênico. Ser jurado nessa empreitada é um privilégio.
Até o próximo capítulo

bj

Ophélia

sábado, agosto 25, 2007  
Blogger Orlando Tambosi said...

Que profisssão terrível, Walter. Quem mandou você não ser correspondente de guerra. Teria uma vida mais tranqüila e estimulante...

sábado, agosto 25, 2007  
Anonymous André Pudiesi said...

Walter... essa noite sonhei que estava dentro da história de "Crônicas de Nárnia" - espero que eu (nem você) nunca sonhe estar vivendo um livro de Caê... não quero acordar ca bunda doendo!

[]s

domingo, agosto 26, 2007  
Blogger ielpo said...

Você está provando que é brasileiro mesmo.... não desiste nunca!

domingo, agosto 26, 2007  
Blogger Ricardo Rayol said...

Carralho Carrilho, poupe-se para a campanha desse jeito irá ser o próximo Tancredo Neves.

domingo, agosto 26, 2007  
Blogger Blog do Beagle said...

Waltinho, vá em frente. Tem um prâmio para você ao final da leitura, viu? Bjkª. Elza

segunda-feira, agosto 27, 2007  
Anonymous oriane said...

Por favor, pare agora!!!!
Não leia mais isso, não quero ser cúmplice de tão absurda irresponsabilidade.
ler caetano é tortura!!!!

segunda-feira, agosto 27, 2007  
Blogger Fê Guimarães said...

Já chegou na página 23? Pra mim você já é um herói. Eu, particularmente, prefiro ler O Apocalipse (sim, o da Bíblia).

terça-feira, agosto 28, 2007  
Anonymous Luciana G. said...

ha ha ha ha
Adorei!! Eu vomitava a cada 3 páginas do Verdade Tropical, e olha que às tantas, também trapaceei. Mas é inevitável, ni qui você pousa os olhgos numa frase, lê cenas de EGO EXPLÍCITO... E tem duas fases diferentes para o entojo do Caetano: pré e pós Paula Lavigne. A fase pós é a mais solipsista...
Luciana

quarta-feira, agosto 29, 2007  
Blogger Marcello said...

Eu nem sabia que você existia. Tava perdendo tempo.
RI MUITO até agora. Continuarei rindo. Só para a hora que ler tudo.
E eu tentei ler esse livro há uns 10 anos mais ou menos. Foi impossível. Foi quando eu desisti de vez de MPB e todos esses compositores imbecis. Imbecil era eu. Um sujeito que ouve Caetanices e Gilzices e acha normal é tapado. Eu era.
Falta descer o cacete no Milton Nascimento, que é outro que tá enganando todo mundo há anos. Desse, pelo menos, eu escapei. A mim ele nunca enganou. Vá ser péssimo assim em Minas Gerais.
Parabéns pelo blog, é ótimo.

segunda-feira, janeiro 10, 2011  
Blogger Walter Carrilho said...

Marcello: Poxa, obrigado. Elogios assim fzem a gente continuar escrevendo.

O Milton está mereecendo uma matéria. Mas eu ainda não consegui chegar perto de um disco dele ainda... Um dia eu consigo!

abs

terça-feira, janeiro 11, 2011  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home