terça-feira, novembro 25, 2008

COMO ASSIM, SEM MÚSICA?

A Escócia, além de contribuir para a ressaca de publicitários viciados em single malt, está inventando outras bossas. O músico escocês Bill Drummond veio ao Brasil para propor um “dia sem música”. O cara sugere que, pelo menos uma vez por ano, as pessoas fiquem sem ouvir música. Nada de ligar Ipod, cd player, etc. Não pode nem cantar no chuveiro.

Bacana. Mas veio ao país errado, meu chapa. Não, Juquinha, o erro não é pelo Brasil ser um país “musical” (clichezinho dos infernos esse...). O problema é que aqui ninguém mais ouve música há tempos. Quem tentar me convencer de que funk carioca é música (assim como o pagode, o breganejo e o axé) vai ter que me mostrar um laudo técnico. E sem essa de “Ah, mas tem a MPB, Tetê Espíndola tem uma voz tão linda...” Quando ouço o Lenine cantando “O meu umbigo é meu amigo”, fico pensando nos porres que Adoniran Barbosa tomaria no céu se soubesse.

Os escoceses são um povo corajoso. Usam saia, mostram a bunda para os invasores e apertam aquela porra do bagpipe para fazer um barulho do cão (diz aí, você teria as manhas de ficar de saiotinho xadrez apertando um “saco”? É, eu também não...). Sugerir um dia sem música na terra do ziriguidum é coisa para cabra macho. Deixa ele ouvir o Créu para saber o que é “música’.

Marcadores:

10 Comments:

Blogger Didi Iashin said...

Por que essa maldade, meu Deus???
Estou escrevendo este comentário ouvindo John Williams (o violonista, não o compositor de nove entre dez filmes do Steven Spielberg).

Ele vai fazer os passarinhos fecharem o bico? O vento parar de soprar?
isso TAMBÉM é música.
Esse cara precisa mais é parar de beber uísque malhado.

terça-feira, novembro 25, 2008  
Anonymous Anônimo said...

Musica boa so quando meu Ipod sem essa merda de radio e tv jaba. funk carioca e musica do acasalamento de seres inferiores promovido por traficantes num lugar desses q o jornalista tim lopes foi morto e tantos outros. memoria brasileria é porra mulher fruta ano q vem ninquem lembra

terça-feira, novembro 25, 2008  
Blogger Ordisi Raluz said...

Escocês não toca, só gosta mesmo de ensaiar, rsrsrsrs...

Abraços com kilt.

quarta-feira, novembro 26, 2008  
Blogger Patrícia said...

Ô Walter, reclama não, que a idéia do cachacêro é boa!
Tendo em mente que os funkeiros (e breganejeiros, e calypseiros, e etecetereiros) consideram que suas ruidosas preferências sonoras se classificam como "música", podemos utilizar o conceito do nobre apertador de sacos como estopim para um golpe final contra toda esta poluição sonora! Funcionaria assim:
1 - Apresentamos a idéia aos funkeiros (e breganej... ah, vc sabe de quem eu falo), convencendo-os que por alguma razão idiota qualquer seria legal fazer isso;
2 - FATO: funkeiros (e bregane... digo, vc sabe quem) não sabem contar além de um;
3 - Assim, UM dia se passará e os funkeiros (ok, CRIATURAS) nos perguntarão: e aí, já passou UM dia?
4 - e nós obviamente lhes diremos que não! Que tal?

quarta-feira, novembro 26, 2008  
Blogger Eduardo said...

Eu costumava gostar desse blog, mas voltando aqui agora to vendo as coisas de outra forma.

É interessante o modo como você coloca as coisas, zuando alguns fatos, sempre com muito sarcasmo, mas se resume à isso: fazer piadas boas sem entrar muito no assunto.

Por quê ao invés de repetir pela milionésima vez que a música brasileira é ruim, não fala sobre algum artista bom? Pode ser internacional mesmo.

quarta-feira, novembro 26, 2008  
Blogger Walter Carrilho said...

Eduardo, o que acontece é o seguinte: eu me aprofundaria em certos assuntos e daria dicas de coisas boas se esse blog fosse informativo, de cultura, ou de jornalismo verdadeiro. Mas olha lá em cima. Esse é um blog de "jornalismo boçal", de humor. E, não se espante, tem muita coisa na música brasileira que eu gosto, mas só não fico divulgando pq não é o papel do blog. Em todo caso: gosto de Adoniran Barbosa e Tom Jobim.

quinta-feira, novembro 27, 2008  
Blogger Eduardo said...

Certo, me desculpo então.
Nâo devia ter criticado, até porque eu já li e me diverti batante com seu blog, então continue com o bom humor.

quinta-feira, novembro 27, 2008  
Blogger Walter Carrilho said...

Eduardo: não precisa se desculpar, rapá! Leitor tem mais é meter a boca (sem sacanagem, veja bem) e dar pitaco. abs

quinta-feira, novembro 27, 2008  
Blogger Ozéas said...

Vi na TV que les inventaram um wisque de nome "X-4", um espetáculo, 85 graus, colocaram num carro e ele nadou 10km com um litro.
Só mesmo muito bêbado para mostrar a bupara os inimigos, mas como diz o ditado, ...de bêbado não tem dono.
Abç

domingo, novembro 30, 2008  
Blogger Ane Brasil said...

é, eu também acho escocês macho pracarai.
Aliás, talvez os últimos machos do planeta.
Sorte e saúde pra todos!

sexta-feira, janeiro 02, 2009  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home