terça-feira, outubro 21, 2008

UMA MORTE A MAIS PARA ANIMAR O NOTICIÁRIO

Dez mil pessoas compareceram ao enterro de Eloá. A fila do velório era gigante, com as pessoas passando ao lado do caixão em ritmo de “deixa eu ver, deixa?” Teve matéria na TV dizendo que as pessoas compareceram para “prestar uma última homenagem”. Homenagem a quem, buana? A uma pessoa que nunca viram pessoalmente na vida? A uma celebridade da morbidez coletiva? Ou era apenas vontade de, sei lá, estar onde todo mundo estava? Isso inclui TVs, imprensa, etc. "Vai que eu apareço no Jornal Nacional?" Seria tédio? "Não tinha nada melhor para fazer, sacumé, enfim..."
Só sei que as pessoas que receberam os órgãos da garota vão ser eternamente assombradas por jornalistas com aquela falta crônica de pauta. Já vejo a manchete: “Exclusivo: mulher vive há dez anos com fígado de Eloá”. Logo embaixo o jornalista pergunta à mulher se ela gostaria de agradecer ao seqüestrador: “Tipo assim, ele não salvou a SUA vida ao matar Eloá? Saca só, doação de fígado anda meio difícil...”

Homenagem? Eu apostaria tudo em “carência”. Jornalismo? Eu diria que é “pastelaria”.

Marcadores:

13 Comments:

Anonymous Katraca said...

Nada mais a dizer...simplesmente disse tudoo
estupidez coletiva

terça-feira, outubro 21, 2008  
Blogger Fábio Mayer said...

É a tal coisa, para esses 10000palermas que foram no enterro por "curiosidade", só importa o fato de que ela apareceu na TV.

E pode acreditar, boa parte desses mesmos palermas vai para a frente do fórum de Santo André pedir liberdade para o assassino "louco de amor"...

terça-feira, outubro 21, 2008  
Blogger Ordisi Raluz said...

Perfeita a percepção de que ao assassino se deve gratidão pelos órgãos gentilmente disponibilizados, rs.

Prêmio Pullitzer na cabeça.

Abraços premiados.

terça-feira, outubro 21, 2008  
Blogger Girotto said...

Só aqui pra ler um comentário decente sobre essa palhaçada. Já notou que todo mundo que morre vira menino, menino fulano, menina beltrana. São uns bostas estes jornalistas, tô quase indo com um colete de dinamite pra aula, pra ver se acontece algo de produtivo nas aulas do curso de jornalismo.

Valeu, cara. Como sempre, botando pra fuder na hipocrisia. (a bajulação é grátis)

terça-feira, outubro 21, 2008  
Anonymous kellita said...

É como disse a babaca da mãe da menina: "eu perdôo o Lindemberg. Ele era um homem bom. VAI VER ELA TINHA QUE MORRER PRA SALVAR A VIDA DE 7 PESSOAS." Se a mãe, esse ser ajuizado que deixa uma filha de 12 namorar um cara de 19, perdoou e já esqueceu, e, melhor de tudo, encontrou uma justificativa razoável pro assassinato, quem somos nós pra ficar triste? Sendo assim, não tem porquê os 30 mil desocupados irem prestar uma última homenagem à menina e nem tirar foto da morta com seus celulares comprados em 24 x no carnê das Casas Bahia.
O Matheus Natchergale fez um filme chamado "A Festa da Menina Morta". Ela devia fazer a parte 2 só com imagens desse circo.

terça-feira, outubro 21, 2008  
OpenID ateuatoa said...

Perfeito Walter, a morbidez desse povinho de merda é impressionante.
Adoram desgraça a começar pela religião onde, quando não estão orando diante de um cara sangrando no crucifixo o fazem com a imagem com o coração do cara aparecendo, ah! dá licença!

quarta-feira, outubro 22, 2008  
Anonymous Luciana RJ said...

Tio, vai comprando as velas porque daqui a pouco a Eloá fará o primeiro milagre.

Haverá peregrinação no túmulo e muitos testemunhos do poder curador da futura "santa".

Haverá ainda mais inúmeros programas de TV em que vão mostrar o coleguinha de berçário da Eloá, o primeiro cocô da Eloá, a última menstruação da Eloá, entre tantas outras coisas da Eloá. A última cutícula feita por Eloá.

Sem falar também na análise crítica e técnica da atuação da polícia, com gente especializada. Vão chamar a swat, o Mossad, entrevista com ex-integrantes da KGB.

E a proliferação de psicólogos, psiquiatras e analistas, que levarão gráficos, apresentações de power point, para fazer uma análise (não vai faltar análise) do comportamento do Lindemberg, da Eloá, da Naiara e da juventude transviada.

Por último, haverá uma revelação bombástica a respeito da.... Eloá: ela tinha estrias e celulite!

quarta-feira, outubro 22, 2008  
Anonymous Luciana RJ said...

Mais.

A situação dos receptores dos órgãos sagrados de Eloá.

O tráfico de órgãos no Brasil e no mundo.

Gravações de traficantes de órgãos, com aquelas vozes disformes.

Entrevista exclusiva com o atravessador de órgãos mais procurado pela PF.

E o Lula vai dizer que não sabia de nada!

quarta-feira, outubro 22, 2008  
Blogger July Santiago said...

O duro é ver jornalista perguntar pro transplantado:
"Se você pudesse, que mensagem você diria à Eloá?"
Eu responderia na lata:
"Obrigada por morrer!"

quarta-feira, outubro 22, 2008  
Blogger Ozéas said...

Me fez lembrar o caso dos Nardonis, tinha um gaiato com roupa de anjo.
O povo quer é circo, nem que seja sob o cadáver de alguém.
Abç

quarta-feira, outubro 22, 2008  
Anonymous Luciana RJ said...

Por último, Tio (prometo que não falo mais nisso), Eloá entrará em contato espiritual, através de uma carta psicografada, dizendo que agora vê a luz, e que perdoa Lindenberg, e que agradece a enorme amizade de Naiara, um beijo para o pai, um para a mãe e um especialmente para VOCÊ! E que está intercedendo por todos nós... de LÁ!

Por aí...

quinta-feira, outubro 23, 2008  
Blogger Ricardo Rayol said...

absolutamente correto, a morbidez que ronda certas notícias dá nos nervos.

sexta-feira, outubro 31, 2008  
Blogger Sandro Sasner said...

Cara esse seu blog, é o único (talvez) ponto na internet e na sociedade sem hipocrisia (tão propagada). Hipocrisia como discutir ética e filosofia na CPFL (leia-se demissões e desrespeito ao consumidor)café filosófico é a PQP!
Abraço!

quarta-feira, novembro 12, 2008  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home