terça-feira, maio 19, 2009

CAETANO MAIS PERTO DO CHÃO

Ok, todo mundo já viu. Mas como esse blog é um grande apoiador da carreira de Caetano Veloso, não podemos deixar de divulgar esse raro momento em que Caê desce do pedestal e se aproxima dos mortais:


Normalmente eu não riria da desgraça alheia. Mas nesse caso eu abri uma exceção: RI PRA CARAAAAALHO!!!
PS: como sempre, o povo, em babação pura, aplaude até quando o cara pisa na jaca... Benzadeus...

Marcadores:

11 Comments:

Anonymous Gusta said...

huahauhuahuhauhaaaa...
também ri muito...

me diz: é chic cair assim, pra ser tão aplaudido???

eita povinho!

terça-feira, maio 19, 2009  
Anonymous Fábio said...

Vocês são uns insensíveis!!!

Como não perceberam a razão dos aplausos do público?

Será que não viram que o tombo foi fruto da atração magnética que a música de Caê provoca em seu estupefato público? Que a força imagética de seus acordes criou uma sinergia metafísica, tão forte que foi difícil para um homem maduro suportar sem cair ao chão? Que o âmago da terra o chamou para baixo com todo seu clamor, sedento de tê-lo mais perto de si?

terça-feira, maio 19, 2009  
Blogger Eduardo Nery said...

tropeçou no ego. É bom não falar muito sobre isso. Vai que ele resolve divulgar no seu blog algo do tipo..."caí nos braços do povo...". Melhor deixar quieto.

terça-feira, maio 19, 2009  
Anonymous Carlos A. said...

Por isso essa fooooooooorça estraaaaaaanha .. kkkkkkkkkk

terça-feira, maio 19, 2009  
Anonymous adam smith said...

Olha o comentario que eu vi no video no youtube:

"tanto vc quanto seu comentario nao chega perto nem do cheiro do coco dele ! "

quarta-feira, maio 20, 2009  
Blogger Walter Carrilho said...

Adam: eu diria que o Caetano para mim é tão importante quanto a meleca que eu tiro do nariz. Acho até que a meleca sai ganhando...

quarta-feira, maio 20, 2009  
Anonymous Luciana RJ said...

Tio, você riu de Deus! Depois não reclame das consequências, tipo, um ensaio antropofágico sobre a queda mística aos pés da sublimidade do ser, a nível de deidade pop cabeça, enquanto ser iluminado. Caê é Lindo!

Sugiro se retratar desse comportamento sarcástico e desafiador o quanto antes!

quinta-feira, maio 21, 2009  
Blogger Ricardo Rayol said...

ehehehehehe

terça-feira, maio 26, 2009  
Blogger Erasmo said...

Rapaz quem não ri com isso ...
ele vinha tão sério e concentrado...
kkkkkkkkkkkkkkkkk

legal de mais ...essa fica pra eternidade

sábado, maio 30, 2009  
Anonymous Anônimo said...

Fábio disse...
Vocês são uns insensíveis!!!

Como não perceberam a razão dos aplausos do público?

Será que não viram que o tombo foi fruto da atração magnética que a música de Caê provoca em seu estupefato público? Que a força imagética de seus acordes criou uma sinergia metafísica, tão forte que foi difícil para um homem maduro suportar sem cair ao chão? Que o âmago da terra o chamou para baixo com todo seu clamor, sedento de tê-lo mais perto de si?


que frescuragem

o fenomeno da queda do Cae... tano só tem uma razão

a força da gravidade

e olha, pela 1ª vez ele tava cantando a música certa

Por isso essa força estranha no ar...

sexta-feira, junho 19, 2009  
Anonymous Anônimo said...

vamos aproveitar que é festa junina e cantar todos juntos

cai, cai, caetano
cai, cai, caetano
aqui na minha mão
não cai não, não cai não
não cai não
cai de cara lá no chão

huashuashuashuashuashuashuas

sexta-feira, junho 19, 2009  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home