sexta-feira, agosto 07, 2009

O TWITTER VIROU DRAMA

Um modismo não é nada sem a ajudinha básica dos jornalistas. Vejam só: o Twitter sofreu uma pane nesta quinta-feira. Bidu, o fato rendeu matéria mostrando o “drama” dos usuários. “Não posso contar ao mundo o que estou fazendo", diz um entrevistado. É mesmo um drama. Fiquei sem saber o que ele comeu no almoço. Um horror, meu Deus.

Os modernetes precisam aprender a relativizar as coisas. O Twitter pode ser revolucionário quando permite que os iranianos contem ao mundo o que se passa com eles. Mas acho que é preciso um governo de aiatolás para inspirar o povo a fazer do Twitter algo que preste. Por enquanto, o Twitter ainda é, em 90% dos casos, um balde para o descarrego de gente que sofre de incontinência opinativa. Ou que trepa menos do que deveria.

Sócrates foi obrigado a beber cicuta na Grécia Antiga. Preferiu morrer defendendo suas idéias. Quando um usuário do Twitter estiver disposto a morrer por aquilo que escreve, aí eu vou aceitar os argumentos em defesa do site. Por enquanto, acho que ninguém se arrisca a morrer por ter escrito “Hoje fui ao cinema, u-hú!”

Governadores têm Twitter. Celebridades mongas têm twitter. Isso é um péssimo sinal. Einstein provavelmente não teria Twitter. Ele preferia bolar tratados científicos em vez de comentar o seu final de semana ("Ganhei um Nobel! Não é di-mais?"). Isso me faz pensar que o Twitter é um ótimo lugar para validar a opinião de quem não consegue convencer as pessoas por vias normais.

Einstein não tinha Twitter. E nem bom gosto pra moda de praia.

E vale lembrar: o orkut também virou capa de revista há alguns anos. Tinha gente dizendo que o mundo não seria mais o mesmo depois dele. E não é mesmo: hoje posso encontrar 60 mil comunidades do tipo “Eu adoro dormir de conchinha”. E aí? Alguém ainda leva o orkut a sério?

Revolução é ter inventado o controle remoto. O resto é papo.

PS: assumindo a inutilidade da bagaça, eu ainda mantenho o meu Twitter. Por pura insistência cretina. Seja cretino também e acesse. Mas não deixe de jantar por isso.

Marcadores:

12 Comments:

Blogger next said...

Nunca entendi qual é a do twitter, mas já faz tempo que não entendo muita coisa mesmo...

sexta-feira, agosto 07, 2009  
Blogger Leandro Ferreira said...

Hurr Durr eu não sei pra que o twitter serve então vou falar mal...

O engraçado é que você de fato usa o twitter, e sem ficar no "hoje eu acordei cedo". Vai saber.

sexta-feira, agosto 07, 2009  
Anonymous ricardo ((piratini)) said...

E ai walter vai tudo certo meu? Leio o teu blog faz tempo, mas hoje resolvi faze um comentario, que nem é bem um comentario, mas só pra te dize que compartilho da tua opinião, um salve de um gaúcho de Piratini(primeira capital farroupilha), é isso irmão, sucesso no teu blog, e não te intimida e como ja dizia o cancioneiro gaudério "não podemo se entrega pros home, mas de jeito nenhum amigo companheiro.

sábado, agosto 08, 2009  
Blogger Ozéas said...

Também tenho o meu, uso como portal para o Blog.
Criei outro para o Blog do Curso que Coordeno, ai a coisa é mais funcional, mas também não é nada tão importante assim, algo que substituísse o Blog de lá também.
Então, o tal do twitter não é nada não é nada, não é nada mesmo.
Abç

sábado, agosto 08, 2009  
Blogger Elizabeth said...

ah também acho o twitter algo que poderia simplesmente n existir na minha vida e não merecida a repercussão que toma.

mas uma pergunta: você morreria por suas idéias, assim como sócrates?

sábado, agosto 08, 2009  
Anonymous Ana Paula said...

Oi, primeira vez que visito o seu blog, e achei muitoo bom! Parabéns! ;) aliás, descobri ele via twitter! HUEAEHAU Xaaau!

sábado, agosto 08, 2009  
Blogger Walter Carrilho said...

Elizabeth: Morrer pelas minhas idéias idiotas e pelas minhas boçalidades? Nem a pau, rsrsr. Negocio e ainda faço um desconto. A vida é boa para perdê-la por meia dúzia de palavras, saca? Na hora de cuidar do meu pescoço eu sou facinho. abs

domingo, agosto 09, 2009  
Anonymous Luciana RJ said...

Tio, tem uma definição super definitiva para twitter: xixicocô. É da turma do Te Dou um Dado?

Achei perfeita!

Porque eu ainda não consigo entender o que faz uma pessoa perder tempo para enviar mensagens dizendo que "óh, acordei agora; tô mijando; cortei o cabelo; tirei meleca".

segunda-feira, agosto 10, 2009  
Blogger Agenzia said...

Walter,
achei demais esse post. LOL
Realmente as coisas da internê estão ultra banalizadas.

Sucesso!

segunda-feira, agosto 10, 2009  
Blogger Vitor Nadu said...

Walter,
achei demais esse post. LOL
Realmente as coisas da internê estão ultra banalizadas.

Sucesso!

segunda-feira, agosto 10, 2009  
Blogger Bete said...

Ola Walter
Essa febre ainda não me pegou, mas estou indo visitar você.
Tem razao, é cada bobagem que se escreve, mas fazer o quê, no Senado não é diferente.
Parabens pela postagem, apesar do Eistein não está mesmo na sua melhor pose.
Abraços querido

terça-feira, agosto 11, 2009  
Blogger Bruno said...

Incontinência opinativa ahahhaa muito bom!

domingo, agosto 16, 2009  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home