quinta-feira, agosto 24, 2006

MATEI O JORNALISTA E FUI AO CINEMA - FESTIVAL DE GRAMADO PARTE 2

Eu sei, o assunto já ficou velho. Mas eu anotei tanta bobagem que não podia deixar de fazer a segunda parte...o Blogger continua zoando com as fotos. Clique aqui para ver as últimas.

Para que serve o festival? – Se você tem um parente que deseja ser cineasta (é triste, mas toda família tem um demente, um falido e um futuro cineasta), vá logo avisando: o festival não é para ver filmes. As “personalidades” (aspas, sim senhor!) é que são importantes. Gramado é para ver ser visto. Todos os jornais locais relembraram histórias envolvendo celebridades que passaram por lá em edições anteriores. De filme ninguém fala. Afinal, quem se lembra dos ganhadores dos anos passados?

E o que dá para fazer em Gramado? – Faça o que quiser, menos ver os filmes. Vá comer chocolate, que é melhor. Mas não se iluda. Eu fui a uma fábrica de chocolate local e a atendente me revelou que a matéria-prima vinha de fábricas da Nestlé e da Garoto. Eles só derretiam o produto e embalavam. Enfim, era tudo Chokito reformatado.

Come-se bem em Gramado? – Sim, até demais. A cidade não é para gordos e pessoas que sofrem de colesterol. Mas os jantares nem sempre saem barato. Lembre-se: se você não é cineasta, é você quem paga a conta.

Tem festas em Gramado? – Sim, tem, claro! O maior passatempo dos jornalistas era correr atrás dos convites. Tinha dois tipos de festas oficiais: as regadas a uísque e as regadas a vinho barato. Eu, azarado que sou, só descolei as do segundo tipo. Fui a um Pub e tinha um sujeito vestido de gaúcho tocando música regional. Estava tudo legal até que ele insistiu em tocar bossa nova e Adoniram Barbosa em versão “dos pampas”. Seria o mesmo que um paulista tocar um frevo em ritmo de pagode. Não é por nada, não...mas fui embora.

E o que mais tem por lá? – Durante o festival tem muita promoção das grandes marcas: celulares, carros, etc. A Fiat fez uma enorme exposição de rua com carros e modelos fotográficos. Você podia tirar fotos com as modelos e comprar um automóvel. Eu só consegui a foto (veja aqui). Eu não sei se a promoção deu certo. Cineastas estão acostumados a “levar” dinheiro e não “deixar” dinheiro para alguém.

E a premiação? – Quer saber? Ela consegue o incrível feito de ser mais chata do que festa do Oscar. Eu estava lá. E não sei o porquê. Seria melhor ficar bebendo vinho em algum lugar...

Teve homenagem? - A noite começou com a exibição de “O amuleto de Ogun”, filme de Nelson Pereira dos Santos, grande homenageado do festival. Quase todos os convidados mostraram a sua consideração com o coitado: simplesmente NÃO compareceram para ver o filme. A área VIP estava vazia. Não os culpo: o filme é de lascar. Tem os principais problemas dos filmes dos anos 70: dublagem horrível e atores usando costeletas e calças amarelas de tergal. O pessoal de Gramado aplaudiu o cara, chamando-o de gênio. Mas ninguém teve as manhas de ver o filme dele. Cinema brasileiro é assim mesmo: ninguém vê, mas todo mundo mantém o respeito.

Quem ganhou? - E isso importa? Felipe Camargo (ex "sr. Vera Fischer") era um dos concorrentes a melhor ator. Só isso já dá uma dica da qualidade dos concorrentes. Os primeiros a subirem no palco foram os patrocinadores do evento (diretores da Nestlé, Vivo, secretários de cultura, etc.). Todos levaram um trofeuzinho. Foi só para lembrar a realidade do cinema nacional: alguém sempre precisa soltar uma grana para os “gênios” descolarem um prêmio.

Resumindo - Enfim, são dezenas de prêmios para filmes que ninguém vai ver. De festival de cinema eu já estou cheio. Da próxima vez, só se for Cannes.

16 Comments:

Anonymous flavinha said...

O filme que ganhou' Anjos do sol" parece ser um saco. É como vc disse: história de brasileiro sofredor. ´e sempre assim!

Muito engraçada essa série de reportagem!

quinta-feira, agosto 24, 2006  
Blogger Ricardo Rayol said...

Mas fora essas chatices não conseguiu descolar o telefone de nenhuma das modeletes? ahahahaha

quinta-feira, agosto 24, 2006  
Blogger Serjão said...

Rapazz. Que cobertura trilegal!!!
É uma das coisas que ainda quero fazer na vida, conhecer as Serra Gaúcha. Mas não em época de Festival que deve encarecer as coisas e a cidade deve ficar mais lotada do que já é. Um abraço.

quinta-feira, agosto 24, 2006  
Anonymous Elza do Blog do Beagle said...

Pisou na bola numa coisinha, caro amigo: desinformação é inaceitável. Você não sabia que somente a Garoto produz chocolate no Brasil? Só a Garoto processa o cacau e faz a base que é vendida para todas as demais fábricas. Cada uma dá seu tempero e textura, mas a base, é Garoto. Esse foi o motivo que fez com que a venda dessa empresa fosse barrada pelo governo. Bjkª. Elza

quinta-feira, agosto 24, 2006  
Anonymous Fernando said...

Hahhahahahahaa

Com o tanto q comentei no outro, nesta, me reservo ao direito de rolar no chao e me virar do avesso de rir.

Abraçao Walter, esta cobertura foi genial...

Já q nao temos mais nada pra fazer mesmo, alguem ai sabe qual foi a ultima da Preta gil?

hahahaah brincaderinha!

sexta-feira, agosto 25, 2006  
Blogger Walter Carrilho said...

Pois é, Elza...processar chocolate é uma coisa cara, e isso eu já sabia. Mas é frustrante saber que a matéria prima é a mesma, não? É como tirar o encanto da coisa...A gente deveria ser proibido de entrar em fábrica: uma vez eu fui a uma fundição de ouro e vi o processo de fabricação de jóias. È um troço feio a beça...Nunca mais vi jóias da mesma forma...

sexta-feira, agosto 25, 2006  
Blogger Santa said...

Querido reporter "sumido" que escreve bem!!!

Estou voltando para o RS e vou ver o que faço pra acabar com esse festival (rsss).
Bjs

sexta-feira, agosto 25, 2006  
Anonymous DO said...

Adorei estas suas dicas,WALTER...
Impressionantes até eu diria,heheh
Abraços e otim o final de semana!

sexta-feira, agosto 25, 2006  
Anonymous abominnavel said...

Quem nasce em Gramado é capim?

Putz... Que piada mais idiota!
Quase tão ruim quanto os filmes do festival.

sexta-feira, agosto 25, 2006  
Anonymous aviso said...

Leia na Veja: Humberto (PT) é indiciado vampiro 25/08/2006 12:03
a Polícia Federal pediu o indiciamento de HUMBERTO COSTA como membro da máfia dos vampiros - esquema de superfaturamento de hemoderivados desarticulado pela PF em 2004.

Leia amanha na revista VEJA em todas as bancas do pais!

+ Vampiro
+ Sanguessuga
+ Mensalão


LULA + HUMBERTO
É RUIM PARA O BRASIL
É PIOR PRA PERNAMBUCO

* espalhe esta notícia //

sexta-feira, agosto 25, 2006  
Anonymous Vera said...

Walter: Tenho orgasmos estranhos... Serão seus posts??? veja lá. rsrsrs :-) bjs

domingo, agosto 27, 2006  
Anonymous Anônimo said...

FALE DE MIM NA SUA PROXIMA MATERIA! SEU TEMPO ESTA ACABANDO UÁLTER, ESTOU TE AVISANDO!

domingo, agosto 27, 2006  
Blogger Walter Carrilho said...

Oi Anônimo:

Falar sobre você? Como, se eu nem sei quem é você??? O que se fala sobre alguém sem nome? "Geeeente, recebi uma mensagem anônima!"...É isso? Ou é algo do tipo "Tem um cara que eu não conheço, não sei o nome, nem onde vive, mas que é suuuper legal!" .

Esquisito, não acha, xará?

domingo, agosto 27, 2006  
Blogger Ozéas said...

Só hoje li a primeira e segunda parte da série "Festival de gramado".
Com você por lá, para quer eu ir? Na verdade, tirando as meninas da Fiat, que você sabiamente tirou fotos", para que alguém ir até lá?
Meu companheiro, o tempo aqui só não perde para dinheiro, ou seja, ambos estão escassos. Mas espero já em setembro voltar a uma normalidade, os amigos da blogosfera merecem ser visitados com mais freqüência.
Abç

domingo, agosto 27, 2006  
Blogger Moita said...

Walter

O festival en si é boçal demais.
as demais coisas são muito boas.

Publiquei a foto que o Sarney tem tanto medo lá na Moita.

Parabéns pela cobertura. Genial.

Abraço

segunda-feira, agosto 28, 2006  
Blogger Paula Pereira said...

Olha Walter, eu sou da terrinha e posso te dizer Gramado é fraude mesmo. Sim, os famosos chocolates não são deles, as personalidades são fajutas, as coisas são caras, muitas festas cheias de garotada o que é insuportável. O bom de Gramado? Casa de fondue, café colonial e meio caminho para Canela. Lá existem pontos turísticos de verdade.

terça-feira, setembro 05, 2006  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home