segunda-feira, outubro 30, 2006

DÁ PARA SEGUIR EM FRENTE OU TÁ DIFÍCIL?

Valha-me o bom Groucho Marx, acabou a eleição! Poucas vezes vi tanta gente apaixonada por um tema tão estúpido. Eu fui um deles. Um horror. Amigos deixaram de se falar em função de votos conflitantes. Não importa quem ganhou, todos perdemos: perdemos tempo, neurônios e o bom senso.

Políticos não devem ser levados a sério. Afinal, eles não nos levam a sério também. Todos sempre roubam, mentem e se misturam com quem devia estar na cadeia: Geraldo tinha ACM, Lula tinha Jader Barbalho. Eu teria vergonha de andar com esses caras. Sugiro o seguinte para a próxima eleição: votemos e fiquemos quietos. Votar é algo para se ter vergonha. Eu votei e voltei correndo para casa antes que me vissem fazendo algo tão idiota. Votar é fingir que se acredita em algo. Eu só acredito em Mussum e Pato Donald.

O pior de tudo foi o patrulhamento. Bastava eu colocar uma piada com o Lula (alvo preferencial por estar no poder) ou o Geraldo e lá vinham e-mails reclamando. E teve gente dizendo que falar mal do presidente era preconceito por ele ser ex-operário. Poupem o meu saco, por favor. É dever nacional o povo satirizar o seu presidente. A gente brincava com o topete e a burrice de Itamar, com a burguesice de FHC, com as roubalheiras de Collor e o seu vício em cocaína. Por que Lula não pode ser satirizado? Por que “é do povo”? Sem acordo!

Não se trata de defender a alienação. Defendo o descrédito e o cinismo. Já fui militante apaixonado. Já saí na rua com bandeiras, adesivos, etc. Não faço mais esse papel ridículo. Por ninguém, fique claro. Reclamei dos escândalos de Sarney, Collor, FHC, etc. Reclamo agora do Lula por que é o meu direito e também porque o governo atual, putz, está abusando. Sem essa de “mas ele tem projetos sociais”, etc. Até o bosta do Maluf tinha. Qualé? Reedição do “rouba mas faz”? Faço piada com políticos porque é o meu dever.

Quando o Lula diz que "não há ninguém no país com moral para falar de ética comigo" cometeu um desrespeito pessoal. Não lhe dei o direito de me dirigir a palavra, muito menos de me ofender. Não autorizo nenhum político a falar ”em nome do povo”. Que digam “em nome do povo, com exceção do senhor Carrilho”.
E sem essa de celebrar o número de votos. Maluf e Clodovil foram eleitos com um índice assustador de votos. Logo, começo a achar que quanto mais votos um político recebe, pior ele é. Desconfio desse papo messiânico de todos eles, esses salvadores da pátria. Aliás, o que mais me assusta em Lula é ele discursar como Collor e Maluf. Não votei neles (nem morta, santa!). Por que votaria em alguém que fala como eles?

Um povo é mais feliz quando odeia de forma uníssona o seu presidente. Minha sugestão é darmos um golpe de estado e colocarmos o João Kleber no poder. Ele é rico, branco e bem nascido. Se eu falar mal dele ninguém pode me acusar de preconceito. E é idiota e sem nenhuma ideologia. Ideologia, qualquer uma, é algo inútil, com data vencida. Privatizem essa merda de país, transformem esse pedaço de terra em um balneário turístico para alemães e parem com esse papo de “sonho nacional”. Coloquem um contador introvertido no comando para não me encher o saco. Afinal, quem manda nesse país não é o povo e nem o presidente. São 6 investidores que tomam dry martini em alguma ilha do Caribe.

Eu jamais falarei bem de nenhum político. E vou ficar de olho em todos os que foram eleitos, do presida até os deputados, passando pelos governadores. Vou fazer piada sem dó, sem escrúpulos. Meus únicos partidos são o humor, o cinismo e a ironia. E, caraca, me deixem votar em paz na eleição que vem! Não me encham o saco!

E agora voltamos a nossa programação normal: falar mal do Caetano.

27 Comments:

Blogger Jorge Sobesta said...

Walter,

Falar mal do Caetano é uma boa.
Gostaria de usar esse espaço para divulgar um produto que eu e o pessoal das organizações Tabajara inventamos e que será muito útil nos próximos 4 anos. Trata-se do Prev-pregas, um dispositivo para amortecer as estocadas do governo e que tem validade até 2010.

Um abraço.

segunda-feira, outubro 30, 2006  
Blogger B R E N A said...

Pois é... voltemos à programação normal e a vida anormal.
Pior fui eu... que fui justificar meu voto e dou de cara com o governador votando (e a imprensa inteira lá fazendo alvoroço).

Pelo menos, meu governador é gato! kkkk

Beijos

segunda-feira, outubro 30, 2006  
Anonymous André said...

Parabéns, Walter! O melhor post em muito tempo (eu juro que não quis dizer que seus posts são ruins!), pelo menos pra mim. Falou tudo certo, cara...essa onda de politicamento correto é escrota: os caras defendem esse lazarento que é o Lula por ele ser EX-operário enquanto ele tá lá afanando COMPROVADAMENTE o que os que trabalharam pagaram de imposto...

Caetano? Você já viu o novo clipe dele? Pode ser um bom assunto pra um futuro post...

segunda-feira, outubro 30, 2006  
Blogger David said...

Voto é obrigatório? Então não voto. Imposto idem? Idem também. Encheu meu saco. Cansei.
Vou tomar uma...fui.

segunda-feira, outubro 30, 2006  
Anonymous Vera said...

TUDO COMO DANTES, NO QUARTEL DE ABRANTES
Caros amigos,

Aqui estou a pedir desculpas humildemente, por ter me visto obrigada a excluir a possibilidade de comentarem no meu blog. É que ultimamente, o meu humilde bloguinho vem sendo atacado pela 'ignorância atrevida de um petralha' mal-educado. Me perdoem. :-) Bjs

segunda-feira, outubro 30, 2006  
Anonymous Gabriel Tile said...

Pois é! Fiquei sabendo que parece que o Lula ganhou... parece!

segunda-feira, outubro 30, 2006  
Blogger Ricardo Rayol said...

walter, você terá uma oportunidade ímpar de ser a janela ao invés da pedra. Estou aderindo a idéia do serjão e lançando você como vice do Reinaldo Azevedo. Cá entre nós espero que ele tenha senso do humor pois senao terei que publicar minha humilde opinião. Por falar nisso você tem uma foto sem legenda para eu postar lá em casa?

segunda-feira, outubro 30, 2006  
Blogger + Kazzx + said...

Caro Walter,

Tudo o que eu sempre quis dizer,mas meu suco gastrico só permite que eu me emputeça, vou te falar estou tão feliz, não do Lula ter ganhado, mas da eleição ter acabado, sangue de Jesus tem poder, caraca como encheu o saco este papo do Nhô ruim com o Nhô pior, falou tudo quem manda não disputou cargo muito menos foi a debate, quando puder leia um texto que publiquei na vespera da eleição, gostaria d eter seu hunor, mas só saiu aquilo lá...

Abçs

segunda-feira, outubro 30, 2006  
Blogger + Kazzx + said...

Caro Walter,

Tudo o que eu sempre quis dizer,mas meu suco gastrico só permite que eu me emputeça, vou te falar estou tão feliz, não do Lula ter ganhado, mas da eleição ter acabado, sangue de Jesus tem poder, caraca como encheu o saco este papo do Nhô ruim com o Nhô pior, falou tudo quem manda não disputou cargo muito menos foi a debate, quando puder leia um texto que publiquei na vespera da eleição, gostaria d eter seu hunor, mas só saiu aquilo lá...

Abçs

segunda-feira, outubro 30, 2006  
Blogger Walter Carrilho said...

Poxa, não dá para ser vice dele não, Ricardo. Sou ambicioso e quero o cargo principal.Mesmo pq, prometi o cargo de vice ao Zeca Pagodinho.Obrigado pelo seu apoio a uma candidatura sem futuro como a minha.

segunda-feira, outubro 30, 2006  
Blogger Walter Carrilho said...

Pois é Gabriel, ouvi falar também. Ele ganhou + 4 anos de emprego e nós perdemos uns 6 meses discutindo essa bobagem de eleição. Puta troca legal!

segunda-feira, outubro 30, 2006  
Blogger David said...

Hum hum...sem querer forçar a entrada na conversa e já entrando: alguém viu que agora nós (vocês que pagam imposto), pagamos pela mordomia do Collor, com as honrarias de former president? Não viu? Notinha de rodapé da Veja. Postei lá no blog se alguém quiser ter mais uma noite de pesadelos...

segunda-feira, outubro 30, 2006  
Blogger José Alberto Mostardinha said...

Viva Walter:

Por sugestão do Ricardo vim aqui fazer-lhe uma visita.
Vejo que este é um blog imperdível e penalizo-me por só agora o ter conhecido.
A mistura de humor na política é das coisas que mais "tonifica" o cérebro.
Como isto está a ficar animado, e para não perder o contacto, gostaria de te dizer que te linkei lá no Estados Gerais.
Alguma objecção é só dizer.

Por agora deixo um forte abraço,

segunda-feira, outubro 30, 2006  
Anonymous Fernando said...

Eleiçoes eh um periodo mto chato.
Ok..ok, ta certo q demoramos um tempao pra ter esse direito...porem é cuspir pra cima, já q a maioria nortista [incluindo povo do acre, ACRE? mora alguma alma viva no acre? temos que vender ele] sao pessoas q mtas vezes temos o pré-conceito d nao saberem mto oq fazem com este direito.

Pra piorar nao vende bebida, puteros nao abrem, mercado fecha, achamos aquele amigo fanfarrao do colegio na fila da mesma sessao, sempre alguma velha nao sabe votar e demora...

e os canais todos passam Eleiçoes e nos intervalos tem alguem dançando no gelo, dançando na brasa quente, dançando de ponta cabeça, dançando na mesa de pregos faquir, dançando com o esofago pra fora...QUE MUNDO É ESSE? hahahahaha

Ainda bem q o Caetano nao é candidato, se nao a uma hora dessas meu caro, agente tava em fila indiana, de cueca rumo a uma camara de gás.

hahahahahaa

abraçao walter!!!!

terça-feira, outubro 31, 2006  
Blogger Moita said...

Muito bem apropriado, Walter e engraçado. E é isso aí "Jornalismo é oposição; o resto é balcão de secos e molhados" Milor Fernandes.

Um abraço

PS. Convenhamos, " o andar de baixo venceu o de cima" É de lascar!!!

terça-feira, outubro 31, 2006  
Blogger Andre Senna Duarte said...

a verdade é o Brasil perdeu ... perdeu feio ...

terça-feira, outubro 31, 2006  
Blogger mercedes poison said...

Vc tem TODA RAZÃO qdo diz que "É dever nacional o povo satirizar o seu presidente"...haha, por essas e outras q não perco um só texto aqui do teu blog...

Aproveita que o Lula ganhou e o que não vão faltar são piadas....Bjs.

terça-feira, outubro 31, 2006  
Blogger Juliana Marchioretto said...

Ufa, até que enfim em texto coerente!

Apoiado companheiro! hahaha

Ah: a ideologia deles todos, sem exceção, é ganhar dinheiro às custas do povo. Isso sim eles fazem bem!!

Adorei o texto.
um beijo

terça-feira, outubro 31, 2006  
Anonymous Ordisi said...

Também importantíssimo notar que Ordisi está de casa nova no blogspot. Pode passar por lá e falar mal dos políticos: tem todo o apoio. Mas...coitado do Caetano, né?

:)

Abrs.

terça-feira, outubro 31, 2006  
Blogger José Alberto Mostardinha said...

Viva Walter:

O assunto em destaque no Estados Gerais é polémico e, por isso, capaz de ser interssante para uma pessoa com o teu posicionamento intelectual.
Aparecer e diz da tua justiça.

Um abraço,

terça-feira, outubro 31, 2006  
Anonymous abominnavel said...

O João Kléber seria um presidente que eu adoraria odiar... Mas nenhum outro será tão boa fonte de piadas quanto foi o Itamar.

terça-feira, outubro 31, 2006  
Blogger Nat said...

De minha parte, continuarei a satirizar o Apedeuta (risos). É deveras divertido! Tanto quanto falar mal do Caetano! hahahaha

terça-feira, outubro 31, 2006  
Blogger André Freitas said...

Putaqueospariu!!!! Walter pra presidente 2010!!! Eu ajudo na campanha.

O grande problema é que o povo é burro. O Lula é novo Maluf, com fanáticos que votam nele não importa o que aconteça. é o rouba e não faz... o pior é que ele ainda é burro, pq veio do povo burro que vota nele.

A solução é alugar o Brasil, como já dizia Rauzito... e pau na bunda do Caetano

Abração

quarta-feira, novembro 01, 2006  
Blogger Ane Brasil said...

Minina, cada visita aqui é uma emoção diferente... caraio, como cê tem história pra contar... acho que devia escrever um livro sim, de banal, sua vida não tem é nada!
Sorte e saúde pra todos!

quarta-feira, novembro 01, 2006  
Blogger Ane Brasil said...

Aí, no fundo eu reconheço que vc tem razão.
Essas eleições foram um saco, votei e quase me envergonhei, tô muito afim de tocar uma bomba naquele congresso, na Assembéia Legislativa do meu estado, na câmara de vereadores, na casa da vó do badanha...
Aí, vamo falá mal daquela mala do caetano que a gente ganha mais!
Sorte e saúde pra todos!
(E Walter carrilho, o candidato do Caralho pra presidente!)

quarta-feira, novembro 01, 2006  
Blogger Cleverson Montanha said...

Walter,

Quando eu vi a foto do João Kleber eu pensei: "Vou rachar o bico de tanto rir"!

Mas ai vc começou a desabafar, e vi que a coisa estava ficando séria, que era uma pessoa normal falando da política e das revoltas com os políticos, da ética de cada político, pensei: "Meu Deus,nãooooooooo o Walter está louco? Não pode ser, ele endoido, só pode!!!!!"...Cachorro louco, cachorro louco...!!!Lembrei do Pica-Pau agora...!

E no fim, graças a Deus, você não me decepcionou, voltou a ser o Walter de sempre, o Walter que fala bobagens com sentido, o Walter que eu gosto de ler, desde a primeira vez que li, e até o Walter que se candidata a presidencia eu voto nele...só não vale o número "171"...ai não rola...Sabe porque o candidato a presidente só tem 2 números? Porque se tivesse três e um deles fosse o 171 seria obvio demais!..Sabia disso? Não né! Mas é claro eu inventei agora...Lula Moluscolo...!!

Parabêns sempre, companheiro da longa jornada...

"Ao infinito e além, ou mais longe, como quiser...!!! Buss Laytier...!!!

Abraço e felicidades...

quarta-feira, novembro 01, 2006  
Blogger TV said...

Uma vez eu votei enrolado numa bandeira vermelha... Shame on me!

quarta-feira, novembro 01, 2006  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home