quarta-feira, março 14, 2007

JOVEM, AO COMPLETAR 18 ANOS, DESENCANE!

Se existe o “Leão de Ouro” em Cannes para premiar as melhores propagandas, deve haver um prêmio para celebrar as campanhas mais ridículas. Sei lá, talvez um “Guaxinim de Barro”. Eu não imagino como seria o troféu, mas eu sei bem quem sairia vencedor a cada ano. Ninguém supera as forças armadas brasileiras em propagandas mongas.

Não sei se existe muita gente que se deixa enganar por aquelas imagens de tanques e helicópteros em ação. Seria legal avisar que tarefas como “lavar banheiros” e “levar a esposa do coronel até o teatro” é o mais perto de ”ação” que a maioria dos recrutas chega. O resto é mico, como tentar recuperar armas afanadas por traficantes.

No mais, o alistamento é obrigatório. Por isso, se você está em idade de alistamento, quebre uns dentes ou passe a usar óculos. Quem sabe você escapa.

Mas se o exército trabalhasse como na foto abaixo, até eu me alistaria...

Marcadores:

16 Comments:

Anonymous André Pudiesi said...

pena que não usam esses adolescentes praibóis para algum inútil nessa época, como defender nossas fronteiras ou combater desmatadores-matadores-de-velhinhas...

sempre a mesma desculpa que não tem fiscais suficientes e a amazônia que se F*!

põe um monte de moleque lá dando tiro de fal para todo lado e já era!

quarta-feira, março 14, 2007  
Anonymous Renato Sabo said...

Walter, já existe um prêmio tosco para as artes cinematográficas: o kikito la de Gramado....

quarta-feira, março 14, 2007  
Blogger talvez? said...

uisdhouiahdisuhadsa.. já passei dessa fase, graças a Deus, não existe coisa mais sem nexo do que o alistamento no exercito. PRA QUE? Sei lá... eu já estou com dor de cabeça, pensar sobre isso vai ser somente para alimenta-lá. Agora, carlinhos brown... hm... sintiria até como analgesico.

quarta-feira, março 14, 2007  
Blogger Ibrahim al-Muthanna said...

Lembro de uma propaganda antiga, na qual três jovens sorridentes vão à Rodoviária de Brasília(que sempre está caindo aos pedaços, menos naquele dia, claro!) se alistar. Depois a câmera mostra os três se olhando fardados(um por cada força) e depois eles saem correndo desesperados, como se estivessem indo para uma guerra. Devia estar no You Tube.

quarta-feira, março 14, 2007  
Blogger Serjão said...

Walter, vamos por partes
1) O termo certo para designar o que a recrutada faz usualmente é "Manutenção do aquartelamento". E isso inclui limpar banheiros, capinar o jardim etc. Inclua esse termo no seu dicionário. É ridículo demais. Dá para ver que vc sobrou. Se tivesse servido conheceria e odiaria este termo tosco.

2) Não seja injusto com Brown. Ele é, sim, o maior fornecedor bélico das forças armadas brasileiras. Seus discos e DVDs são comprados e utilizados como bombas e granadas em exercìcios militares. Entendeu por que ele vende tanto?

3) Vc se alistar? Qualé, amigo. vc não tem mais idade para isso (rs)

Um abraço

Ah, ia esquecendo. Se tiver tempo passe lá em casa. Vc vao gostar do maluco que eu descobri (rs)

quarta-feira, março 14, 2007  
Blogger Ricardo Rayol said...

Walter apesar de obrigatorio o sujeito só serve se pedir. A grana anda tão escassa que recrutas são simplesmente recusados.

quarta-feira, março 14, 2007  
Blogger Ricardo Rayol said...

Mas gostei da idéia final e geral...

quarta-feira, março 14, 2007  
Blogger Blogildo said...

Essa do serviço militar obrigatório é a coisa mais anacrônica que já vi! Só aqui no Brasil mesmo!

quinta-feira, março 15, 2007  
Blogger Walter Carrilho said...

André: a molecada é usada para limpar quartel. Quem mais vai fazer esse serviço???

: Ibrahin: Tô louco para achar vídeos dessas propagandas. Essa que você citou era uma das minhas favoritas.

Serjão: passei a usar óculos pouco antes de me apresentar no alistamento (faz uns...seiscentos anos?). Deu certo e escapei.

quinta-feira, março 15, 2007  
Blogger R.C said...

Excelente, pra variar!

abrax

RF

quinta-feira, março 15, 2007  
Blogger david said...

Você quer criar um prêmio como o Leão de Cannes? Vou lhe dar um passo a passo:

- Primeiramente, encontre um nome conviencente. Como O Mico Leão Dourado da Bahia, por exemplo;

- Depois, filie-se ao PT. É sempre bom ter apoio dos cumpanhero;

- Reúna dois ou três globais para lhe ajudar (sugiro Zé Wilker e Marieta Severo, logo de cara) e mais uns membros das artes musicais (o Chico, claro. Maria Bethânia e sua irmã, talvez? Não esqueça do Ministro...). Convide o Chavez, pois é sempre importante personalidades estrangeiras, além de que ele é um ator del carajo!

- Vá até a Petrobrás e diga que você é do partidão, tem responsa cultural, mas está liso. Diga que precisa de R$ 300.000,00 para premiar, pagar acomodações, propinas, desvios, etc. Vc deve sair de lá com R$ 1.400.000,00.

- Anuncie a premiação na Carta Capital e na Isto É.

Pronto. Mais fácil que isso, só montando uma ONG.

quinta-feira, março 15, 2007  
Blogger Lúcio said...

Já passei em bastante desse dia horrível. Me alistei no último dia e quando fui chamado saquei dos óculos fundo-de-garrafa do meu irmão, encurvei as costas e acentuei meus pés chatos. No fim o que me salvou foi minha "criptogonia", adquirida na tenra infância. Mas não escapei de ficar pelado na fila, ter que tossir e soprar com força contra as costas das minhas mãos, com o médico olhando fixo pro meu saco pra ver se alguma veia saltava de lá. Ganhei um crachazinho escrito "não apto" e esse foi um dos dias mais felizes da minha vida.

quinta-feira, março 15, 2007  
Anonymous abominnavel said...

Nem faz tanto tempo que eu passei por isso... Até hoje lembro que um amigo meu pediu emprestado meus óculos de quatro graus de miopia com medo de ser chamado...

quinta-feira, março 15, 2007  
Blogger XandeLima said...

Oi Walter,

Foi ótimo essa de exército, ou já serviu, ou conhece uma galera que serviu, pois é exatamente isso.

Servi como oficial, o que, por si só, já alivia bastante a barra, mas mesmo assim passa-se longe da ação. Na minha unidade o soldado ainda via muitos equipamentos modernos, como rastelo, máquina de cortar grama e vassoura.
Como o exército é seu próprio inimigo e para sorte dos soldados havia MUITA grama e EUCALIPTOS que quase não deixa folha no chão... ou seja, o dia inteiro cortando grama e varrendo chão...

Selva.

sexta-feira, março 16, 2007  
Blogger Daniel F. Silva said...

Nada há mais inútil que Forças Armadas no Brasil. Primeiro, o Brasil não se envolve em guerras há mais de 60 anos. Depois, com quem o Brasil vai entrar em guerra? Com a Venezuela? A Bolívia? Esqueçam, pois esses são "amiguinhos". Os Estados Unidos? Nem se o Lula fosse mais louco que já é. A não ser que o Hugo Chavez resolva usá-lo como bucha de canhão...

sexta-feira, março 16, 2007  
Blogger Fernando said...

Graças ao bom Pai do céu, eu nao cheguei nem no exame medico. Imagina?...akele monte de macho desnudo...nem fudendo!

Me alistei...a tiazona olhou bem pra minha cara d idiota, e me dispensou!

O exercito tinha q ser infiado pra combater o trafico, isso sim seria "ação".

hahahaha amém!
Uma missao em direçao ao padre marcelo rossi tbm viria a calhar!

sábado, março 17, 2007  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home