quinta-feira, setembro 06, 2007

CONVERTA-SE!

A saga continua em capítulos torturantes: Walter Carrilho tenta ler o livro “Verdade Tropical” de Caetano Veloso. Deus tenha piedade de sua alma.

Eu estava errado. Verdade Tropical não é uma biografia. Nem mesmo um livro de ensaios. É um livro religioso. É a bíblia de uma nova vertente mística: o Caetanismo. Faz sentido. Livros desse tipo sempre são escritos em linguagem cifrada, com páginas repletas de feitos grandiosos de alguma divindade. Caetano quer nos converter.
Eu estou quase convertido. Vejam a grandiosidade do bardo agreste: “...em que medida a oportunidade que se me ofereceu de bilhar com grande figura na história recente da MPB se deve à queda de nível de exigência promovida pela mesma onda de ostensiva massificação que eu contribui para criar?” (pág. 224). É ou não é uma verdadeira lição de pioneirismo e humildade?

Estou quase convencido de que no princípio era Caetano. Ele criou a MPB em seis dias e viu que era bom, tirando, talvez, a Vanderléia. Ele disse “Faça-se o tropicalismo!” E o tropicalismo surgiu. O resto veio em seguida: rock, mangue beat e, por que não?, o funk carioca. Depois Caetano ficou odara e descansou. Amém!

Arrependei-vos! Caetano está de volta. O seu novo disco, “Cê ao vivo” * será lançado agora em setembro. Está na hora de se ajoelhar em direção à cidade de Santo Amaro da Purificação, local de nascença do divino ser, e fazer a oração ritualística: “Viva a bossa, sa, sa/ viva a palhoça, ça, ça, ça, ça!”

Devotos do caetanismo aguardam ansiosamente o lançamento do novo disco do iluminado mestre. Durante a espera os fiéis se alimentam apenas de letras de Jorge Mautner.

Veja como a saga começou aqui

* Como manda a tradição no Brasil, depois que um artista lança um disco, há sempre um “ao vivo” com as MESMAS músicas. Depois tem o acústico, a coletânea... Um dia ainda inventam um Detefon para isso.

Marcadores:

16 Comments:

Blogger Again and Again said...

Definivamente é impossível não passar por aqui, sua obstinação é um exemplo de força e fé.
Nada mal essa idéia do detefon, extensivo aos seus discípulos anacrônicos.Daqui a pouco teremos caê nas teogonias.
bj
Ophélia

quinta-feira, setembro 06, 2007  
Blogger Pati said...

Walter
Qdo eu li o livro, cheguei à conclusão de que existe um sujeito oculto no título. Na minha opinião, o título verdadeiro dessa chatice é "O Dono da Verdade Tropical"...

quinta-feira, setembro 06, 2007  
Blogger caçadordementes said...

Esse Caetano Veloso é uma mala,não é de hoje q acho isto.Ele se acha o inventor da verdade, e ponto.
Obrigado pelo seu comentário no meu blog.
abraços

quinta-feira, setembro 06, 2007  
Blogger Mário said...

Carrilho, nem vou me aventurar por essa praia literária...rs.

quinta-feira, setembro 06, 2007  
Blogger SM said...

Caê é o novo Messias e Dona Canô, a virgem que o pariu em pleno terreiro, sob a intervenção do santo espírito de Ogum (ou seria de Exu???). Não é à toa que, assim como Bethânia, Caê não é côncavo nem é reconvexo...

Abraço!

quinta-feira, setembro 06, 2007  
Anonymous Luciana G. said...

Nossa, coitado! Cê tá na página 224 ainda? Mas Caê escreveu livro maior que a Bíblia, vais demorar demais até o ponto final. Pode dar uma roubadinha e pular direto na página 376.

quinta-feira, setembro 06, 2007  
Blogger Fábio Mayer said...

Anime-se, você ainda está vivo!

Se eu tivesse essa droga na prateleira, acho que já teria me matado!

quinta-feira, setembro 06, 2007  
Blogger Doutroladodomar said...

Cada frase "cabeça" , Walter! vou aderir 'a seita psico-trans-fashion-sexual do gurú em "questã"!
Thanks! vc me acrescenta.

sexta-feira, setembro 07, 2007  
Blogger Moita said...

Walter

É, reamente, dureza ler o tal livro. O SM falou que ele não côncavo nem reconvexo. Ele se acha o próprio Recôncavo Bahiano,
ou não.

INCOERENTE. É isso que ele é.

Mas meus parabéns pelo artigo bem escrito e pela força de vontade. Eu jurei pra você que vc não chegaria a pag. 30.

Abração

sexta-feira, setembro 07, 2007  
Blogger Jan said...

a parte do
Mas, falando sério, acho melhor vcs nem lerem...Deve fazer mal à saúde! talvez voce esteja certo a isso que disse na comunidade de divulgaçao de blogs. hahaha
mais eu gostei. alias acho que vc tbm esta certo em relaçao a teoria Caetanismo. Teoria nao quem sabe uma nova seita.
abraços

sexta-feira, setembro 07, 2007  
Blogger Orlando Tambosi said...

Não se esforce demais, Walter, não vá exagerar. Tanto esforço é um risco para a saúde.

sexta-feira, setembro 07, 2007  
Blogger A: said...

Eu achava que não gostar de caetano era fora do comum, mas tô vendo que não...

gostei da obs sobre os discos ao vivo e as coletâneas e a citação do mangue beat, afinal recifense que se preze tem que gostar! ;)

PS.: vc tem um link aqui do meu blog, mas mudei o endereço dele,
é o Espera sentado que tá aqui no blogspot agora.
daí vc troca, blza?

:*

sexta-feira, setembro 07, 2007  
Blogger Ricardo Soares said...

pô walter... vc fala desse movimento religioso mas não vai falar de seu principal mulá ( ou seria mula?) josé miguel wisnik???
ricardo

sábado, setembro 08, 2007  
Blogger Ricardo Rayol said...

Cara, você é realmente um herói. tenho que pensar em algoa a altura para o 3º post de sua saga politica e religião está na pauta.

sábado, setembro 08, 2007  
Blogger LEO said...

Sobre o disco novo do Caetano:

Ah, qual é!!
Mais um caô do Caê!

Caetano é um cara que "de vez em quando acerta uma".
E esse Cê, definitivamente não foi um dos acertos.
Músicas pobres, melodias pobres, um ar de "mamãe, eu quero soar como rock n' roll mas eu sou baiano" que não desce na goela.

Isso é música feita para ouvidos despreparados.

Além do mais, não consigo dissociar "você foi 'mó' rata comigo" de "ele não monta na lambreta", de outros baianos mais baixos.
Simplesmente ridículo para um cara com tantas léguas nas costas.
Caê, volte para a sala do tempo, porque você está sendo rata comigo demauauais!

segunda-feira, setembro 17, 2007  
Blogger Atreus said...

Eu li em 3 dias. Estou vivo. Ah sei la, curti o livro, tirando a obvia arrogancia do Cae. Bom, eu consegui gostar de Ce na primeira escuta.PQP sera que sou um Zumbi?

Crucifiquem me agora. rs

domingo, abril 26, 2009  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home