terça-feira, novembro 01, 2011

OS NEO REVOLTADINHOS

Pode reparar, Juquinha: estão “babaquizando” as manifestações por aqui. São os revoltados de ocasião, que parecem movidos por intenções profundas, mas que são apenas “revolucionários do próprio umbigo”. Três ótimos exemplos ocorridos em uma só semana: 

-Mona Lisa Perrone: o ataque à jornalista global virou hit na Internet. Melhor que o vídeo é a entrevista do autor do ataque. Ele queria mesmo era divulgar um curta metragem que fez, parece. Na verdade, não dá para entender o discurso do cara.  Ele repete a ladainha óbvia da Globo como “império do mal” e se diz um sujeito politizado sustentado pela mãe. Em resumo: o cara quer “incomodar a Globo”, mas sequer consegue descolar da barra da genitora. Tem futuro, certo? 

-Câncer do Lula: as notícias sobre o câncer do Lula geraram uma grotesca onda de comentários maldosos na Internet. A reação de quem não gostou das brincadeiras foi intensa. Governistas e oposicionistas se confrontaram verbalmente em clima de Fla-flu. Um debate que, no frigir dos ovos, é oco e não muda uma vírgula a situação de ninguém. Serve apenas para todos exibirem engajamento. Deixem o homem se tratar. Se houvesse tanta paixão para se manifestar a favor de objetivos concretos, o país seria outro, confere? Pois é, mas ficamos no Fla-flu. 

-Quebra-quebra na Usp: PMS tentam enquadrar três alunos que fumam maconha. Outros alunos não gostam da ideia. A coisa descamba para uma batalha campal. PMS falam grosso. Alunos jogam um cavalete. Depois, bidu, tomam pau (ah, vá!). Uns querem a PM fora da Usp, como se a universidade fosse uma espécie de zona desmilitarizada igual à que existe entre as duas Coréias. Outros querem que ela continue o policiamento. Falta explicar: a polícia não pode fazer “meio policiamento”. Se ficar por lá, vai ter que cumprir a lei que envolve, gostem ou não, enquadramento de quem fuma “unzinho”. A legislação sobre maconha é anacrônica - fato. Mas se é para mudá-la, então enfrentem políticos e juristas, que vivem cercados de segurança. Ok, xingar PM é mais fácil, não é?

E vale um adendo para esse caso: tem gente que acha que ”maconheiro tem mais é que apanhar” (mas advogado que cheira uma carreirinha, não, certo?). Por outro lado, alunos penduraram um cartaz dizendo Os policiais não são trabaliadores (SIC). São o braço armados (SIC) dos exploradores”. Crianças, me desculpem, mas tomando pipoco de traficante e ganhando mal, PMS são muito mais trabalhadores do que certos playboys que estudam de graça (sem realmente precisar) e usam sandália de couro para dar um ar “engajado”, mas adoram a vaga garantida na casa de campo do papai executivo de finanças. Como? A FFLCH forneceu grandes pensadores? Ótimo. E a Alemanha nazista forneceu grandes cientistas, também. Olha só que coisa: pode ter gente babaca e legal num mesmo lugar.    

Sabe o que eu acho? Que está sobrando garganta e faltando razão nesse nosso quintal. Muito rebelde sem causa, que se revolta contra moinhos de vento, como Dom Quixotes tapuias. Preferem se rebelar contra alvos óbvios (Globo, ex-presidente, PMS, McDonald´s, etc.), porque dá ibope, rende fotinho. Sério, quem os alunos da USP pensam que são com as camisas enroladas em torno da cabeça? Guerrilheiros zapatistas? Qual é a função de torcer pela morte de Lula? E empurrar jornalista vai valer para quê? Alguém me explica? 

Simples assim: é mais fácil aplacar a nostalgia de uma rebeldia que nunca tiveram com manifestações inócuas e sem foco como essas. Porque se rebelar com o papai que paga as contas não rola: papai corta a mesada, né? 

PS 1: se é para partir pra violência, que seja por algo que valha a pena. Ouvi falar que o Restart esta com disco novo. E aí? Como é que fica?

PS 2: eu jurei que não ia fazer muito post sério sobre assuntos de tons políticos. Mas, tasquipariu, esse país tá ficando tão boçal que eu “num guento”.  

Marcadores:

19 Comments:

Blogger Carlos Andino said...

Walter, onde é que tá a entrevista do cara que empurrou a repórter e explicando o pq do puro exibicionismo pseudo-artístico? A única coisa que eu soube é que os caras pertencem a um grupo da net chamado MerdTV (o trocadilho fica por conta de quem lê). Agora quanto a alguns casos sou categórico que não serei hipócrita de dizer isso mas quem é pior nessa guerra estúpida? A PM e sua arrogância de "otoridade" ou os playbas da USP e sua prepotência em se acharem mais que todo mundo só pq estuda em uma universidade pública (sei bem do que falo, fui diretor de centro acadêmico e só quem me deu trabalho foram os maconheirinhos alternativóides causando arruaça e tratorando assuntos sérios com sua erva)?
Quanto ao McDonalds tb concordo com os protestos, só quem trabalhou naquela bagaça é que sabe o que é levar chibata nas costas ao som da música Retirantes de Dorival Caymi (tema de abertura da novela Escrava Isaura em 1978) e ver no fim do mês a mesma merreca miserável e ter que sorrir falsamente pra um bando de criança pirracenta e playboyzinhos adolescentes querendo te humilhar a qualquer custo.
E esse negócio da doença do Lula tá enxendo o saco! Tá parecendo mais revista de fofoca que fica procurando coisa besta na vida dos outros, se o Lula tá doente deixe ele terminar o tratamento! Já até deletei alguns sites de notícias do meu PC por causa disso pois não sabem falar de outra coisa senão nisso, haja!

quarta-feira, novembro 02, 2011  
Blogger Walter Carrilho said...

Carlos: tinha esquecido de colocar o link! Agora já atualizei.

quarta-feira, novembro 02, 2011  
Anonymous Rattus said...

Meu velho, disse tudo. Tudo. abs.

quarta-feira, novembro 02, 2011  
Blogger patricia m. said...

Lulla bom eh lulla morto... hahaha.

quarta-feira, novembro 02, 2011  
Anonymous N said...

Essa galera da Usp está financiando
as futuras compras de armamento de grosso calibre do Pcc e Cia. Os mesmos vão atacar os carrões dos Papais e Mamães dos reacionários mascarados rebeldes contra o sistema.

quarta-feira, novembro 02, 2011  
Blogger kelli said...

Perfeito, tio Walter.

quarta-feira, novembro 02, 2011  
Blogger Rodrigo said...

A PM tinha que tratar esses playboys com o seguinte dilema: "Filho da Puta e Tapa na Cara!". Bando de babaca que acham que a faculdade está acima das leis do país... Aqui em BH na UFMG é a mesma coisa, a universidade particular mais cara daqui não tem a mesma quantidade de carro bacana no estacionamento do que tem na "Federal"...

Dos manés que empurraram a reporter é só ver a cara deles e ver que provavelmente são do grupinho de maconheiros de alguam faculdade, aposto que o cabeludo que grita na camera estava usando sandalia de couro!

E esse povinho que ta desejando mal pro Lula, são os mesmo que no Facebook 'Bostam' diariamente mensagens do tipo "Jesus é bom, tenham um otimo dia...", bando de cretino que acham que desejar mal a alguem pode e tá liberado por "Jesus", já se alguem falar que são uns otários dando dinheiro pros outros é crime e deveria ser passivel de punição penal... Vai entender ...

quinta-feira, novembro 03, 2011  
Blogger Luciana said...

Além da falta de educação que imperou em TODOS esses episódios, digo mais:

1) Maconheiro (adEvogado ou não) tem, SIM, que levar porrada!

2) Maconheiro-estudante tem que levar muita, mas muuuuuuita porrada!

3) O Lula vai politizar esse câncer!

4) Pergunta pro carinha que empurrou a jornalista se ele não aceita um papel qualquer numa novela qualquer na Globo?

quinta-feira, novembro 03, 2011  
Anonymous João Matheus said...

Adoro reclamações contra a polícia.
Normalmente são feitas por playboys rebeldes sem causa que acham legal reclamar contra o abuso de autoridade da PM.

O cara acha errado levar uma dura e algema "só porque tava com maconha", ignorando completamente o fato de existir uma lei que proíbe o consumo da maconha.

Ás vezes também, é o mesmo cara que fica revoltado quando é assaltado, e acha que a polícia tinha que ser mais enérgica com assaltantes, ignorando o fato de que ao comprar maconha ele mesmo ajudou a financiar a criminalidade.

De resto, espero que Lula se recupere do câncer, torço pra isso da mesma forma que torceria pela recuperação de qualquer pessoa com qualquer doença, mas na boa, não faço questão de receber notícias sobre isso o tempo todo, a grande verdade é que o Lula não é meu amigo, eu não conheço ele, e ele nunca fez nada por mim...

E quanto ao cara que empurrou q repórter, esses revolucionários que moram com a mãe e vivem de mesada são tão típicos que eu não consigo nem pensar num comentário sobre isso...

Pra mim, as grandes notícias da semana ainda são o circo do Marcos Frota sendo contratado pra animar um cemitério no dia de finados (sério!) e aquela garota lá que afirma que tá grávida do Justin Bieber (eu não sei por quê, mas achei essa notícia hilária...)

quinta-feira, novembro 03, 2011  
Blogger Carlos Andino said...

Depois de ler certos comentários aqui... é melhor ficar calado pra não acabar sendo expulso daqui e ser chamado de criminoso por quem nunca me conheceu na vida.

quinta-feira, novembro 03, 2011  
Blogger MisplaceD said...

Eu já acho que você deveria fazer post assim de vez em quando.
Até por que a piada fica por conta do alvo.
Esses maconheiros, metidos a cult, de universidades federais adoram criticar a polícia somente porque dificultam o seu vício de merda.
É fácil criticar quem bota a cara na mira de uma arma todo o dia pra ganhar o do mês, quando você mora na casa dos seus pais em um condomínio fechado com segurança privada.

quinta-feira, novembro 03, 2011  
Anonymous eu said...

Quando um cara foi assassinado na USP ninguém invadiu a reitoria. Mas quando os PMs predenram os maconheiros (que dão grana para os bandidos se armarem e matarem) veio um monte de playbozinho maconheiro metido a militante-sem-causa e ocupam a reitoria? VA A MERDA BANDO DE PLAYBOY INUTIL!

sábado, novembro 05, 2011  
Blogger Walmoroso said...

cacete...a Direita apareceu com força ein? Eu não sou esquerdista, não votei no lula e, neste caso, fiquei contra a ocupação da USP que foi algo extremamente imaturo. Agora esse papo de "A policia tem mais é que descer o pau" e etc também é demais! Parece dois grupos de macacos jogando bosta um na cara do outro!

De um lado temos um diretório acadêmico esquerdóide e despolitizado com a cabeça congelada nos anos 70.

Do outro lado temos uma classe média conservadora hipócrita que fuma erva mas defende a paulada em maconheiros.

E por isso que não vamos pra frente...

domingo, novembro 06, 2011  
Anonymous Anônimo said...

Sabe o que eu acho?
Todo mundo deveria parar de dar opinião sem fundamentos...
Quantos de vocês estudam na USP? Quantos de vocês participaram dos protestos?
Eu sou contra esse protesto, mas porque eu estudo na USP e conheço o que realmente foi o protesto.
Todo mundo só ve o que a veja, estado de são paulo e globo quer que você veja.
Então galera, vamos julgar com mais cuidado... dessa vez vocês estão certos em alguns pontos, mas nem todo mundo que invadiu a reitoria é riquinho de GAP que quer fumar maconha na USP.
Tem pessoas boas e pessoas ruim em todo lugar, mas as ruins se destacam mais facilmente.

segunda-feira, novembro 07, 2011  
Anonymous João Matheus said...

Certamente, o que não muda fato de que portar, consumir ou vender maconha no Brasil é crime, sujeito a prisão, e caso o suspeito reaja à prisão, descer o cacetete em cima faz parte (embora eu concorde que está errado... nos Estados Unidos eles usam aqueles aparelhos de choque)

Esses maconheirinhos de classe média alta que reclamam que tomaram porrada porque tavam fumando maconha são os mesmos que ficam putinhos quando são assaltados e reclamam que não tem polícia perto, e que ela não é energica o suficiente com bandido...

terça-feira, novembro 08, 2011  
Blogger Carlos Andino said...

O que me incomoda nisto tudo nem é o fato de serem maconheiros, ou seja lá o que for, invadindo a reitoria ou "causando arruaça" mas sim a intolerância e o ódio que vejo destilado todos os dias feito pela imprensa e pelos comentários raivosos de gente conservadora ao estilo Olavo de Carvalho. Não a toa que fiz bem em ter desligado a televisão e de ter deletado os sites de notícias dos browsers que uso em meu PC. A imprensa tá me deixando doente, sinceramente. E mais doente me deixa essa gente que concorda com a imprensa, pois se a imprensa mandar eles farão uma "caça as bruxas" ao melhor estilo Torquemada.
Walter, vc poderai fazer um post trabalhando esses problemas de uma mídia conservadora e de uma gente alienável que faz tudo que a mídia manda, dá até pra fazer algumas piadas referentes a isso.

terça-feira, novembro 08, 2011  
Blogger Carlos Andino said...

Tb concordo com alguns posts como o do Walmoroso e do anônimo ao citar o grau de virulência e ódio que os ditos discípulos de Olavo de Carvalho destilçam contra tudo e todos, fiz bem em ter deletado os sites de notícias do browser e ter desligado a televisão. Afinal quem aguenta ver Datena dando piti aos berros (as vezes torço pro mesmo explodir feito um balão, afinal ele já se parece com um balão) ou a hipocrisia de alguns jornalistas posando de "defensores da boa moral" e do "mundo civilizado"? Nunca pensei em dizer isto mas as notícias estão me deixando doente, to torcendo pra que o meteorito que vai passar hoje pela Terra caia e acabe logo com a grande falha evolucionária que é o ser humano. Não fará a menor diferença!

terça-feira, novembro 08, 2011  
Anonymous Anônimo said...

vai dar o cu rapá...se foda que vc estuda na usp....deve ser mais um vagabundo soh que nao trabalha o dia todo e tambem nao foi nos protestos

terça-feira, novembro 08, 2011  
Anonymous Anônimo said...

BrunoF
Concordo com todos, mas assim q eu vi a revolta na Usp já adivinhei q Valter (com "V" msm)iria tocar nesse assunto.
Ta ficando previsível heim hahaahahaha e olha q nem olho esse site.
Serio agora, realmente todas essas revoltas que andou tendo sempre é algo desgostoso de se ver, quando é desses playboys percebe-se quanta "inguinorância" há nessa educação, e quando é greves maiores como de Bancos ou Correios, somos também afetados negativamente, e como sempre esse país joga umas migalhas de pura ilusão só para mostrar que se preocupa com sua população, basta ver como a popreza é sustentada, como os ricos ficam mais ricos, e a classe que fica no meio é que sofre.

segunda-feira, novembro 14, 2011  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home