domingo, janeiro 28, 2007

AGORA É VERDADE: LIXO É LUXO!

Não quero ficar me alongando com esse papo chocho de “San Paolo Féchion Uíque”, mas, caceta, a sensibilidade social de alguns estilistas me comove pacas. Em um dos desfiles do evento, o estilista Alexandre Herchcovitch (saúde...) colocou uma modelo na passarela vestida com um saco de lixo. Veja a notícia e a entrevista na UOl (para assinantes) ou fique por dentro pelo Yahoo.

Sim, Juquinha, saco de lixo, desses que você usa em casa. Segundo o "gênio", a sua coleção atual é inspirada na vida de bóias-frias e trabalhadores rurais. Hercovitch acha que “eles criam imagens sofisticadíssimas sem saber (...) Existe poesia no lixo .“ Calma, tem mais, tem mais: ele ainda acha que o seu trabalho “acaba virando um alerta sobre as más condições de trabalho desse povo”.

Pronto, era o que faltava: um estilista consciente! Estou pronto para vê-lo em algum trabalho voluntário doando vestidos Chanel para sem-teto. Sei lá, doar a renda da venda de uns três vestidos não rola, né, Alexandre? É, foi o que eu pensei. Bom, pelo menos a Lucicleide, que trabalha catando lixo no aterro, vai ficar feliz em saber que aquele seu chapéu de papelão é fashion. E eu, que não tava afim de gastar uma nota preta para ficar na moda, já aderi ao estilo. Saco de lixo é vendido por 5 pilas o quilo na feira perto de casa! Quem diria que era tão fácil ficar chique? Massa! Olha só o requinte (notem os pregadores, um lance super moderno que eu "bolei"):

Um adendo: vou ficar feliz no dia em que os estilistas largarem essa frescura de ser artistas “que pensam a sua obra como conceito e discurso” e voltarem a ser costureiros. O jornalismo cultural vai ser menos hilário, mas, céus, que economia em hipocrisia teremos!

A primeira foto é da Agência Folha. As outras são da Agência Walter Carrilho de Notícias.

Marcadores:

13 Comments:

Blogger mercedes poison said...

Poucas vezes vi algo tão hipócrita em minha vida!Tem mais essa: além do saco-de-lixo-pretinho-básico, podemos agora apelar para toalhas de mesa de botequim, conforme notícia do Yahoo:
"A toalha de mesa plastificada também entrou como efeito de passarela, usada como tecido para um vestido reto azul liso na frente e estampado por dentro."

Tá vendo como é fácil ser "chique"!Imagina as peruas dasluzetes tds vestidas de xadrezinho-bar-do-pinga ou saco-de-lixo-azul-royal?!

Bjs.

domingo, janeiro 28, 2007  
Blogger Ricardo Rayol said...

Essa de lixo é luxo é de uma pobreza digna de uma bienal. VTNODC. E não acertou ainda a migração caro Carralho? eheehehe

domingo, janeiro 28, 2007  
Blogger david said...

Pqp...o que não se pode imaginar com sacolinhas de supermercado?

domingo, janeiro 28, 2007  
Blogger DELETADO said...

hahahahahahahaha
Esse povo não sabe o que inventar para virar notícia, será que a popularidade é algo tão importante?
Eu adoro a liberdade do anonimato, talvez porque sempre vivi em grandes metrópolis, e adoro isso.
Fofo, acabo de fazer um desabafo na minha nova postagem e espero que vc possa contribuir de alguma forma para me esclarecer.
A vovó aqui está se sentindo perdida e procuro por respostas!
Te aguardo,
SôniaSSRJ

domingo, janeiro 28, 2007  
Anonymous abominnavel said...

Não adianta, Walter. Estilistas fazem parte da concorrência nesse mundo tão hilário...

domingo, janeiro 28, 2007  
Anonymous Fernando said...

Viiiish!
Se eu te disser o q me veio a mente usando capas bordadas de filtro de agua e bujao de gás...

NUOSSA!
Acho q vou deixar d aparecer nos comentarios, pra aparecer nos posts, hahahahahahaha

Abraço grande Walter Fashion Alegre!

ahiuhaiuauiauahuahiuhaa
A foto ficou fera, hahahahahaa

segunda-feira, janeiro 29, 2007  
Anonymous André Pudiesi said...

De repente o Alexandre acha os 300 real (sic) que ele paga para as costureiras que produzem todo o serviço é o suficiente...

Não demora para o Ésper produzir vestidos de noiva com vasos de cemitério...

segunda-feira, janeiro 29, 2007  
Blogger Palomon Chunchón said...

Walter, no usted que recibía mis carros transformistas en la frontera?

Oh non. El hijo de puta era peruano.

segunda-feira, janeiro 29, 2007  
Blogger Jorge Sobesta said...

Walter,

Não sei o que esses costureiros tomam, mas eleslficam eufóricos e viajam pra caramba.


Grande abraço.

segunda-feira, janeiro 29, 2007  
Blogger Cristina Lima said...

OI Walter, vi seu cometário no post no Ricardo. Eu também fui na onda do blogger e me "ferrei" (se não fosse uma moça educada escreveria outra coisa). Praticamente tive de fazer outro. Ainda bem que nesse estou no começo. No meu outro blog (www.condbarral.blogspot.com) correu tudo bem , mas no equilíbrio ... foi uma M. só.
beijos
Depois eu volto com mais calma , seu espaço me parece ser muito bom!

segunda-feira, janeiro 29, 2007  
Blogger Giulia said...

Isso vai virar cult! rsrs O Joãozinho Trinta não ganhou o Carnaval do Lixo?...

segunda-feira, janeiro 29, 2007  
Blogger Cacá BH said...

olá walter....
esses estilistas inventam cada uma neh...
só moda engraçada....
adorei seu antes e depois
vou te linkar no meu blog, assim não perdemos contato!!!!
beijos

segunda-feira, janeiro 29, 2007  
Blogger Ricardo Rayol said...

Meu candidato walter, Tu sabes que sou um indignado por natureza. Por isso, peço desculpas para ocupar teu tempo com um assunto bem cretino. A Sônia, que comentou aqui, anda espalhando um monte de merda lamurienta a respeito do movimento evolução. Para uma pessoa que se diz idosa o faz de um jeito bem desagradável. Gostaria de pedir que entendesse o outro lado da estória.

segunda-feira, janeiro 29, 2007  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home