quarta-feira, novembro 14, 2007

FÁBULA BOÇAL: O SAPO E O ESCORPIÃO

Vamos atualizar as fábulas mais famosas para um contexto, digamos, mais útil. Porque esse lance de lobo mau, chapeuzinho vermelho e três porquinhos é coisa de vovó esclerosada.

O SAPO OTIMISTA E O ESCORPIÃO MILITANTE

“Era uma vez um sapo otimista e um escorpião militante. Ambos estavam à margem de um rio. O escorpião queria atravessá-lo. Por isso, fez uma proposta ao sapo: ‘Me leva nas suas costas que eu prometo não ferroá-lo, muito menos incomodá-lo com minhas impressões sobre a exploração do proletariado pelo capital internacional’ O sapo otimista pensou: ‘Puxa, que legal! Agora podemos todos nos unir em torno de um objetivo comum e prosperar juntos!’ . O sapo convidou o escorpião a subir nas suas costas. No meio da travessia, o escorpião sacou uma edição de “O Capital” e passou a lê-la em voz alta. O sapo reclamou “Pô, qualé, escorpião? E a promessa?’ E o escorpião respondeu: ‘Existem hábitos que a gente não perde. E a turma do meu grêmio estudantil acha Karl Marx o máximo’. O sapo não agüentou e morreu de tédio, levando o escorpião ao fundo do rio junto com ele.”

MORAL DA HISTÓRIA: Quem não lê Marx não come ninguém no grêmio estudantil.
MORAL DA HISTÓRIA 2: Sapo, da próxima vez seja mais neo-liberal e diga: "Escorpião, quero mais que você se foda!"

PS: sim, eu sei. O Millor tem as “Fábulas Fabulosas”. Mas eu não sou o Millor e não pretendo ser. O Millor escreve bem, mas tá meio velho e eu tenho medo que a pipa do vovô não suba mais.

Marcadores:

8 Comments:

Blogger Serjão said...

Ótima a fábula. Mas a conclusão é meio óbvia. Se o escorpião marxista comesse alguém procuraria uma perereca e não um sapo;

Certo?

quarta-feira, novembro 14, 2007  
Blogger Luciana G. said...

Você escreve bem também, querido.

quarta-feira, novembro 14, 2007  
Anonymous Gabriela said...

GENIAL!
Hahahaha, ótima crônica, blog excelente. Sou estudante de jornalismo da Unesp (Bauru), e seu blog foi usado em um trabalho de colegas. VOu visitar sempre.

Sobre essa crônica, melhor ainda - aqui se vêem muitos sapos otimistas!

;***

quarta-feira, novembro 14, 2007  
Blogger Pablo Pamplona said...

É o tipo de fábula perfeita pra se contar aos netinhos! Hmmm... mas até lá, a história pode sofrer algumas alterações. Acho que mudando o sapo pra outro bicho, já fará pleno sentido em algumas décadas.

quarta-feira, novembro 14, 2007  
Blogger Revista Errata said...

Lógico! E, se a pipa não subir, tampouco se pode comer alguém do grêmio estudantil.

quarta-feira, novembro 14, 2007  
Blogger Doutroladodomar said...

Algo está errado comigo...Todos os meus escorpiões viraram sapos ! Acho que EU tenho que ler Marx - mas então que seja "Max" Gehringer - muito mais digestivo!
Bom feriado ( que feriado?)

quinta-feira, novembro 15, 2007  
Blogger Liziane said...

POrra, muito boa a fábula...

Mas não poderia fazer uma fábula que mandasse o Lula e o Chavez para o fundo do inferno???



* Sou jornalista formada, mas graças a Deus não exerço essa profissão ingrata!=)

quinta-feira, novembro 15, 2007  
Blogger Ane Brasil said...

E, o Serbão disse tudo... esse teu escorpião é um autêntico comeningue!
Pô, mas tu tinha que maltratar a galera do grêmio estudantil?
sorte e saúde pra todos!

quinta-feira, novembro 15, 2007  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home