sexta-feira, dezembro 03, 2010

O QUE OS TRAFICANTES VÃO FAZER AGORA?

Juquinha, esta escrito nos jornais e revistas: o tráfico acabou. Os traficantes fugiram do Morro do Alemão, o povo aplaudiu e a polícia até hasteou uma bandeira do Brasil, ao lado da foto do Charles Bronson. Aprenderam um monte de armas de grosso calibre: 17 fuzis, 40 pistolas e uma Taty Quebra Barraco. Vitória, Juquinha.

O Sérgio Cabral, este político honesto e competente, colocou até tanques na rua. Não, não foi pra impressionar a imprensa internacional preocupada com a Copa. Sérgio Cabral é um sujeito genuinamente preocupado com a vida de soldados e policiais. E queria dar ao povo a chance de tirar fotos dos blindados para colocar no Orkut. Gente fina. Queria ser carioca para votar nele.

Agora ninguém mais consome entorpecentes para alimentar os cartéis de drogas. A Colômbia perdeu um dos seus maiores mercados e vai ter que sobreviver da exportação de café e miçangas. E o que os traficantes vão fazer, meu Deus? Até onde eu sei, eles não são do tipo que soltam currículos pela internet em busca de emprego. Vão ter que descolar um novo ganha pão. Virar flanelinhas, talvez.

Tem gente que acha que a polícia devia aproveitar o pique e metralhar não só os traficantes, mas também os camelôs e pedintes. E tem a galera que defende mais “educação, saúde e cidadania” no lugar das balas. Só acho dificil os nossos governantes despreparados aplicarem a idéia na prática - mobilizar o Bope dá mais ibope. Enquanto esperam, os moradores dos morros podem fazer sinais de pombinha com as mãos. Dizem que ajuda.

Mas o melhor de tudo é assistir debates edificantes sobre segurança pública, comandados por luminares como Ana Maria Braga e Datena. É um novo Brasil, Juquinha. Daqui a pouco os pivetes do Restart viram os novos Beatles e a gente descobre a cura para o Câncer e a para Luciana Gimenez. É esperar pra ver.

Marcadores:

3 Comments:

Blogger Joguete do Destino said...

Espero que vc nunca fique famoso como as febres da internet que estão na moda. Espero que continue sempre assim, mostrando seu talento pra quem gosta de apreciá-lo. Mas se vc quiser tirar uma casquinha e mostrar sua identidade algum dia, sendo convidado para participar de alguns programas de TV e tendo alguns milhões de seguidores no twitter... paciência, ninguém é de ferro. Gostei do post. Abraço.

sábado, dezembro 04, 2010  
Anonymous Anônimo said...

" O Bope dá mais Ibope". Adorei, não é que tu tem jeito de poeta? abs

domingo, dezembro 05, 2010  
Blogger andlusferr said...

È isso mesmo, Tio Walter.
Se toda unanimidade é burra,eis o novo paradigma da sociedade brasileira! Às vésperas dos "HO-Ho-límpicos", e de " Two brasilian girls and one world cup", tudo ficou divino e maravilhoso no Brasil, até para o Boris Casoy. Abçs!

segunda-feira, dezembro 06, 2010  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home