sexta-feira, abril 29, 2011

DANE-SE O CASAMENTO DA KATE!

Hoje (29/05) esta rolando um evento que envolve duas das coisas mais antiquadas e potencialmente falsas do mundo: monarquia e casamento. Tirando aqueles chapéus estilo Black Power da Guarda Real, o que há para ver? Elton John? Passo!

Monarquia é algo obsoleto e inútil. Tipo mesa de centro: embeleza a sala, mas ninguém consegue almoçar nela. É só pra enfeitar. Kate vai passar o resto da vida escolhendo vestidos enquanto o inglês comum não sabe como fechar o mês. Parece o Brasil: nego não dorme quando sabe que Ana Maria Braga esta doente – enquanto isso ele espera uma vaga no Posto de Saúde.

O casamento é outras dessas convenções para vovó ver. Se você depende de uma aliança, um juiz e um padre para dizer que mora com outra pessoa, das duas, uma: ou você é esquizofrênico ou é bígamo. É bonito ver o padre dizer “até que a morte o separe”. Mas, na real, não seria mais honesto dizer “até que o crediário os separe”?

E tem mulher desesperada para comprar uma réplica do anel da Kate. O anel virou coqueluche na 25 de março. A Valdileusa vai ficar linda com ele no dia em que o namorado (Dirvanílson) levá-la para o rodízio de pizza. Vai ficar faltando só o Elton John. Serve um sósia do Chitãozinho?

Caiam na real, tapuias: casamento de princesa é tudo o que (não) precisamos nesse momento: mais uma pessoa que vai sair na Revista Caras toda semana sem fazer porra nenhuma.

Marcadores:

11 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Pela primeira vez eu discordo veementemente de você em relação ao casamento. Eu acredito na instituição 'matrimônio', isso faz de mim um esquizofrênico? (pq bígamo eu não sou...)

Isso não cheira a preconceito não ?

PS: Não me refiro a este casamento específico, espero que os dois sejam felizes e que essa birosca acabe logo pras notícias de verdade voltarem a ser veiculadas!

sexta-feira, abril 29, 2011  
Blogger Elson said...

E tem mais tipo noticiarios ficam passando noticias sobre o casamento, como vai ser, o que vão comer, quem vai, etc...
Até onde eu sei isso é só para aquele programas de fofoca que não tem mais o que fazer alem de contar coisas banais sobre os artistas, aff...
E o pior de tudo assim que liguei a TV a ultima coisa q queria ver tava passando sobre essa porra de casamento!
Porra meu já to de saco cheio dessa porra de casamento!

sexta-feira, abril 29, 2011  
Blogger PoPa said...

Falou tudo, meu Guru!

sexta-feira, abril 29, 2011  
Blogger Walter Carrilho said...

Anônimo - explicando: eu não sou contra o casamento enquanto "união de duas pessoas" (sou casado e gosto muito disso). Estou falando da "instituição" em si: a cerimônia, a pompa, o ritual. Se vc quer viver com uma pessoa, precisa da benção do governo e das pessoas? Eu não acho. Sacou?

sexta-feira, abril 29, 2011  
Anonymous LucianaRJ said...

Eu gosto muito de assistir. Pode até ser brega, mas eu gosto.

sexta-feira, abril 29, 2011  
Anonymous Anônimo said...

Estive em Londres até a pouco, infelizmente tive que voltar antes dessa festa.
Monarquia é do gosto deles... Faz parte de ser inglês. Quem somos nós pra criticar?
Além disso a monarquia gera muita renda com os turistas... E eles exploram bem isso, ao contrário de nós que temos belezas naturais esplêndidas que poderiam render muita grana, mas não temos estrutura pra nada.

Discordo também quanto aos rituais, eles têm que existir sim, têm significado importante (não estou falando de delírios de consumo e exibicionismo).

E mesa de centro é ótima pra colocar os pés.

sexta-feira, abril 29, 2011  
Blogger Carlos Andino said...

Isso só me lembra os motivos dos republicanos ingleses serem críticos ao extremo da realeza britânica. E pelo que eles falam lá não está muito diferente daqui, veja o comentário de um deles dito na BBC: "O príncipe se casou, o que isto vai ajudar na crise do desemprego ou na solução da carestia no país?"
Sábios foram os franceses que criaram a batata frita em 1789. Ah! E tb guilhotinaram seus reis e a nobreza nesse mesmo ano!

sexta-feira, abril 29, 2011  
Blogger reinaldo said...

Brega pra C.. Casamento real de M... muita ostentação,gastos excessivos, muito alvoroço,só para se mostrar para essa mídia/imprensa/ paparazzis, mais uma reles "mortal" que vai se tornar alguém com um títulos de M.. e que nao vai fazer nada para agregar algo produtivo ao mundo .Não ao Alpinismo social.

sábado, abril 30, 2011  
Blogger Andlusferr said...

Não sei não... Uma coisa que carece de testemunhas e que só a morte separa,não há de ser boa coisa. Ainda mais com um bicho que sangra mas não morre... Abrçs.

sábado, abril 30, 2011  
Anonymous Anônimo said...

Bom, mas vamos concordar em uma coisa? A Kate é uma baita gostooosa!!!

segunda-feira, maio 02, 2011  
Blogger Luciana said...

Entre assistir o casamento real e conviver com um Conselho de Ética como temos aqui em Bananópolis... prefiro a primeira opção. Pelo menos é festa, cheia de gente bonita e rica. E tudo feito sem o meu dinheiro!

segunda-feira, maio 02, 2011  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home