terça-feira, março 15, 2011

ETIQUETA SEM FRESCURA

Texto publicado na revista Mundo Canibal 1, mas que você não leu porque, sei lá, é meio desligado mesmo.

Estou em uma orgia e todos estão me oferecendo o toba. Devo aceitar ou recusar?
Como diz o ditado, “A tobinha dado não se olha os dentes”. Aceite, mas respeite a ordem: enrabe primeiro os da direita e depois passe para os da esquerda, do ponto de vista de quem entra, claro.

Sou um sujeito estudioso, respeitável e de família. Mas a turma do colégio me chamou para ver um show do Marcelo D2. Como devo agir?
Aja como todos os outros: enxugue o estoque de vodka barata, brigue com os seguranças, levante a saia da garota mais gostosa, mije na porção de batata-frita e fique gritando para o palco: “Aí, Marcelão , aperta um, aperta um!!!” Não existe esse negócio de “pessoa respeitável” na sua idade!

Fui a uma festa e bebi demais. Fica mal eu vomitar?
Depende do que você comeu. Algumas comidas não combinam quando estão espalhadas pelo chão. O “amarelo cerveja” esta em alta, mas quando misturado com o “verde biles” fica muito cafona. E escolha bem o lugar para vomitar. Pias e privadas são ok, mas o melhor é vomitar em cima daquele babaca que trouxe violão e quer cantar Legião Urbana.

A copa do mundo está chegando e eu quero armar um churrasco com os amigos em casa. Que música eu devo tocar? Música clássica ou MPB?
Um evento em que os principais personagens falam coisas como “Futebol é uma caixinha de surpresas” exige música estúpida, sem requintes. Algo como funk proibidão e qualquer axé que envolva dancinha (ou seja, todas as músicas servem). É legal ver seus amigos bêbados fazendo a “dança do joelhinho”, ou uma merda dessas. Deixe os CDs de ópera e da Ana Carolina para quando estiver sozinho com o seu namorado.

Marcadores:

15 Comments:

Anonymous Anônimo said...

péssimo post!

terça-feira, março 15, 2011  
Blogger Walter Carrilho said...

Anônimo: péssimo post, péssimos comentários...esta tudo em casa.

terça-feira, março 15, 2011  
Anonymous Anônimo said...

Carrilho, foi somente uma observação.
Discordo que os comentários sejam péssimos e muito menos seus posts.
Só que ficamos anciosamente quase uma semana esperando algo de qualidade.
Apontar o baixo nível das músicas carnavalescas, dos axés e cantores de barzinho é facil, o problema é enxergar a sujeirinha no umbigo!
Sejamos mais seletos...

terça-feira, março 15, 2011  
Blogger Walter Carrilho said...

Anônimo - rapaz, sendo bem sincero, rola o seguinte: estou tentando escrever dois posts por semana. Mas nem sempre é fácil (já tentei ganhar na megassena, mas não rolou). Hoje eu tasquei esse texto que já tava pronto, pq não tinha tempo para escrever outra coisa.

Escrever de graça não é fácil, meu velho. E às vezes seguimos o caminho mais fácil (falar mal de axé é bico, eu sei...mas é divertido)

Mas aguarde. Aqui é que nem padaria: o pão nem sempre é fresco, mas tem sempre algo pra mastigar.

terça-feira, março 15, 2011  
Blogger Patrícia said...

@Anônimo: Ô gente fina, negócio é o seguinte: o blog é do cara, ele escreve o que ele quiser. Quem quiser que leia, quem não quiser que caia fora. Esse negócio de audiência de blog entrar em caixa de comentário pra ficar trollando blogueiro já deu o que tinha que dar. Além do mais, se vc tá "aguardando ansiosamente" por postagem em blog, sinal é de que a sua vida tá mega vazia. Vá arrumar o que fazer. Eu, por exemplo, sumo desse blog por cerca de um mês antes de voltar aqui pra dar uma lida. Sei que o Walter não tem tempo e precisa ganhar a grana dele, e sei que isso aqui não é nenhuma "prestação de serviço", apenas um acervo pessoal do jornalista. Ah, vê se cresce! Guarde esse discursinho de "consumidor decepcionado" pra reclamar da sua operadora de celular e deixe o cara em paz, pô.

quarta-feira, março 16, 2011  
Blogger Walter Carrilho said...

Sobrinhos, não briguem! Titio fica triste.

quarta-feira, março 16, 2011  
Blogger Hugo Serelo said...

Mais um post absolutamente do caralho! Fodástico!

quarta-feira, março 16, 2011  
Blogger Rodrigo said...

Eu tb gostei, até pq a revista do mundo canibal era uma cópia da revista MAD kkkk!

quinta-feira, março 17, 2011  
Blogger Tuna Fusion said...

Caro tio Walter! Em vez de comentar esse post, eu queria saber: o que vc achou do caso do Blog da Bethânia?

quinta-feira, março 17, 2011  
Anonymous Anônimo said...

Amiga Patrícia,
quanto ódio nesse coraçãozinho.
Isso faz mal heim...
Dei uma sugestão, a qual o Carrilho leu e refletiu numa boa. Aguardo ansiosamente sim, e qual é o problema?
Não é do teu interesse, mas minha vida não é nem um pouco vazia, curso arquitetura, tenho dois empregos, namorada, família, amigos e ainda me sobra tempo. Sabe com o se chama isso? ORGANIZAÇÃO!
E é isso minha flor, beijo pra você e té mês que vem! ;D

E vamo lá Carrilho, quero ler bons textos...
Abraço

quinta-feira, março 17, 2011  
Blogger Walter Carrilho said...

Patrícia e Anônimo: vcs vão me deixar encabulado. Pessoas dicutindo por minha causa... Não façam isso, meus caros.

Patrícia: Obrigado pela sua compreensão e fidelidade. O que mais um velho blogueiro pode querer?

Anônimo, prometo: se os meus textos não derem certo, começo a publicar trechos de "Crime e castigo" de Dostoievski. Serve como "bom texto"?

abs aos dois

quinta-feira, março 17, 2011  
Blogger Walter Carrilho said...

Tuna: aguarde post sobre o "caso Bethânia" em breve. Titio está abismado. abs

quinta-feira, março 17, 2011  
Anonymous Anônimo said...

Me lembrou aqueles textos de última pagina do Jô Soares na Veja de 15 20 anos atrás... só faltou um figura do período vitoriano...

quinta-feira, março 17, 2011  
Anonymous Anônimo said...

ops ...fail no comentário anterior ...o DDA ta bravo ...:D

quinta-feira, março 17, 2011  
Blogger Walter Carrilho said...

Anônimo - na verdade, a ideia foi copiada de algo mais velho ainda: um livro do Groucho Marx. Só coloquei mais escrotidão. O Jô deve partido da mesma inspiração. Na Veja ou na net, tudo se copia :)

sexta-feira, março 18, 2011  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home