quarta-feira, agosto 29, 2012

FÃ VIROU SINÔNIMO DE BIRUTA


Você acha o Batman um cara esquisitão por usar capa e sair à noite para estapear bandidos? É porque não prestou atenção em alguns dos seus fãs. E não são só eles. Fãs de cinema, de música e de livros estão todos ficando malucos. Mais perigosos que um pelotão inteiro da Al Qaeda.

Eu já estou meio acostumado às reações extremadas de gente que se irrita toda vez em que eu tiro sarro da Mallu Magalhães ou outra planária musical do tipo. Mas o nível de idolatria está atingindo níveis doentios. Nego confunde crítica negativa ao ídolo como ofensa pessoal.

O novo filme do Batman é um bom parâmetro. Fui assisti-lo vários dias depois da estreia. E sai meio “assim-assim” do cinema. É bacana, bem feito. Mas é longe de ser a 8ª maravilha que muitos andam falando por aí. Falei isso para algumas pessoas e elas ficaram chocadas. Para elas, a nova trilogia do Batman é uma obra prima imortal. Na boa, o sujeito tem que passar batido sobre milhares de anos de evolução artística, das pinturas nas cavernas até Picasso, para falar um troço desses.

O pior é a reação às críticas. Críticos gente fina e com pegada pop como Roberto Sadovski, AndréForastieri e André Barcinski falaram mal do filme. Com argumentos, explicações concretas. E, mesmo assim, foram bombardeados por centenas de comentários furiosos, com direito a ofensas pessoais. Coisa de xiita surtado. Algo semelhante aconteceu com as críticas ao filme Prometheus – que também não achei tudo isso, não.

Vou confessar: eu acho o Batman do Christopher Nolan meio bundão. Nos filmes, os vilões levam sempre a melhor. O Batman que eu conheço de quadrinhos como “Cavaleiro das Trevas” é um cara que mete medo na bandidalha e resolve as paradas pra valer. Já o de Christian Bale, não. Os vilões o fazem de gato e sapato e ele fica com aquela cara de criança emburrada, de biquinho. Frustrante.

Eu continuo gostando de Batman. Assim como os críticos. Mas para muitos fãs isso não basta. Vejam o que acontece com fãs de Caetano. Todo e qualquer peido do menestrel deve ser celebrado com um novo Sermão da Montanha. No dia do aniversário de Caê, o site Papo de Homem republicou um texto meu zoando o “ídolo”. Teve manolo subindo nas tamancas e quase declarando uma jihad. Foi divertido de ler.

Mas, enfim, o que tá faltando a esse povo? Sexo? Rivotril? Não sei. Eu sou fã assumido de 007. E sei de todos os absurdos que aparecem nos filmes. Critico fala mal? É papel do crítico detonar aquilo que acha ruim.  O mundo não precisa se alinhar 100% aos meus gostos. Pode falar mal à vontade, e daí? James Bond não é da minha família, cazzo. É só um personagem de quem eu gosto. Personagens e artistas merecem ser curtidos. Já idolatria é coisa de sujeito pancada.

Meninada: sejam fãs, mas relaxem. Não gosta de críticas? Não leia. E o Batman já é crescidinho para ser defendido por jovens ensandecidos, não acham?

Marcadores:

18 Comments:

Blogger Rodrigo said...

O problema é quando ser fã vira idolatria - e algumas pessoas precisam mais de subdeuses do que outras. Fazem do gosto religião. Experimenta criticar uma trolha vazia e muito violenta pra ver a legião que se levante contra um comentário tipo "vi e não gostei". O povo é acostumado a querer sua opinião como única correta e aceitável, e é claro que muitos artistas (ignore o caso daqueles que dizem o ser e não o são) se apoiam nisso, e é aí que o povo se rebaixa. Uma vez critiquei stephany (sei lá como escreve, aquela linda [irc] e absoluta) e quase fui apedrejado. Enfim, o povo curte ser rebaixado. Deve haver algum prazer nisso, algum que não descobri ainda.

quarta-feira, agosto 29, 2012  
Anonymous Anônimo said...

E voltou batendo justo no morcegão, né, tio? Tá querendo encrenca com a molecada? rsrrs

quarta-feira, agosto 29, 2012  
Blogger Diego said...

Ser fão não significa ser fanático.

quarta-feira, agosto 29, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Diego: não deveria significar. Mas ultimamente tá quase virando regra.

quarta-feira, agosto 29, 2012  
Blogger kelli said...

(Voltou no dia do meu aniversário! Obrigada!)

Eu não vi esse Batman ainda, mas quando fui ver o anterior no cinema com 2 amigos eles quase me mataram pq eu tava quase cochilando até mais da metade do filme; só "despertei" quando "surge" o 2 Caras (a parte do galpão). Achei o filme bom, mas não A obra-prima que os fãs acharam. Acho que pra alguns fãs fica difícil admitir que seus ídolos fazem cagada ou são fracos, mesmo que sejam apenas heróis fictícios.
Eu sou completamente alucinada pelo Queen, mas sou a primeira a criticar as decisões erradas do Bryan May e cia., como, por exemplo, chamar a Jessie J pra destruir "We will rock you" no encerramento das Olimpíadas.

quarta-feira, agosto 29, 2012  
Anonymous Santo retorno, Batman said...

O objetivo maior de teu retorno não foi para malhar os fãdamentalistas do morcego do armário mas para estragar a festa de aniversário da Malu Magalhães, fala a verdade.

quinta-feira, agosto 30, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Santo retorno: Ela está fazendo aniversário? Não sabia! E quantos anos ela tem agora? 5 ou 6???

quinta-feira, agosto 30, 2012  
Anonymous santa precocidade, Batman said...

Cronológica só 20, comemorada ontem. E, precoce, já sabe falar "tchubaruba" ou alguma coisa bem parecida.

quinta-feira, agosto 30, 2012  
Anonymous cristiano said...

cuidado Walter, ouvi dizer que esse tipo de gente frequenta reuniões estranhas fantasiados como seus super-heróis favoritos, qualquer dia desses vç pode abrir a porta da sua casa e dar de cara com a liga da justiça querendo te linchar

sexta-feira, agosto 31, 2012  
Anonymous Silvia said...

Tio, tava ficando preocupada...vc sumiu no meio das Olimpiadas, do Mensalao, do furacao Isaac, da morte do Neil Armstrong (alias, Se vc quiser ficar com propensao a cirrose hepatica, leia alguns dos comentarios...muita gente Jura de pe junto que Neil Armstrong morreu de desgosto porque era pai de Lance Armstrong, Pode um negocios desses?). Como e que vc perdeu a chance de falar de tudo isso?
Agora, sobre o Batman...sei la, ele ta ficando meio carne-de-vaca. Os filmes fazem ele tao exagerado que perdeu o clima noir de verdade pra ficar uma coisa meio "noir-classe-media", que me da vontade de vomitar as vezes. Aquelas vozes sussuradas que os atores que fazem o Batman estao fazendo me fazem rir, sinceramente. E ultimamente estou pensando em criar um movemento chamado "PELA VOLTA DE ADAM WEST E BURT WARD" quando escuto o nome do Batman. Pelo menos eles eram hilarios!
Super heroi por super heroi, o meu e o Wolverine, tanto no gibi quanto no cinema. Hugh Jackman pegou o espirito da coisa. Ou a Mumia (I-MO-THEP).

sexta-feira, agosto 31, 2012  
Anonymous Kat said...

Até ia comentar que novamente concordo total com tudo que foi dito, e contar uma historinha cômica com relação a crítica do Barça... Mas poxa, o que é essa caixa de comentários? Cadê os fãs xiitas pra fazer a gente rir, tio? Assim fico achando que existe gente lucida na internet, e nunca é bom ter esse tipo de esperança...
Mas é claro, para nossa alegria, em algum lugar eles sempre aparecem. Se você se divertiu com os comentários do Papo de Homem, precisa dar uma olhada nos da Fabrica de Quadrinhos desse post, não tem como não rir. Aliás, destaque para o gordo rancoroso (tenho certeza que você descobrirá quem é pelos comentários).
Até mais, tio.

sexta-feira, agosto 31, 2012  
Anonymous Anônimo said...

Não gosto desses filmes do Batman do Nolan.
Gostei do texto, eu gosto demais de Showgirls, mas sei que é um filme ruim.
A cada seculo, a humanidade fica mais burra.


Manolo

sábado, setembro 01, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Kat: tenho até "medo" ("ironia mode on") de ler os comentários que devem ter parecido na Fábrica. Deve ter nego fazendo vodu pra mim!
Eu vou ter que escrever sobre a Mallu Magalhães para atrair os fãs xiitas aos comentários, eles sempre comparecem, rsrsr.
PS: mas conta a história dos comentarios do texto do Barça! O que eu li foi hilário.

sábado, setembro 01, 2012  
Anonymous Silvia said...

Tio, seu texto sobre o Caetano no PdH foi genial! genial tambem a repercussao.
Engracado que quando tava lendo os comentarios, me veio na cabeca uma musica dos Pet Shop Boys que deveria ser chamada tambem de "HINO A CAE E AFINS". Chama-Se..."How can you expect to be taken seriously?"
Veja a letra aqui e me diz Se vc concorda ou nao.
http://www.elyrics.net/read/p/pet-shop-boys-lyrics/how-can-you-expect-to-be-taken-seriously-lyrics.html

domingo, setembro 02, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Silvia:
1-Perdi mesmoa chance de falar de assuntos importantes. Sobre as Olimpídas eu falaria um monte! Uma perda irreparável!
2-A música do Pet Shop Boys é perfeita! Aliás, Caê como humorista seria melhor do que "intelectual",

domingo, setembro 02, 2012  
Anonymous Anônimo said...

"estremadas"

Eu sou fã do vernáculo luso-brasileiro.

domingo, setembro 02, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Anônimo: eu também sou. Por isso às vezes eu "estupro" o pobre vernáculo. Mas algumas vezes é vacilo mesmo. Passe na redação e retire seu brinde.

domingo, setembro 02, 2012  
Blogger Patrícia said...

Aí Tio Walter, mais um "monstro sagrado" da música brasileira em estado de choque por ter descoberto que as pessoas não gostam dela tanto quanto ela achava que gostavam:
http://br.omg.yahoo.com/blogs/notas-omg/cantora-faf%C3%A1-bel%C3%A9m-desabafa-sobre-internet-pessoas-s%C3%A3o-124600145.html

É obvio que tem muito 'troll' e 'hater' na internet, mas ainda assim falta esse povo artistinha entender que outras pessoas tem o direito de expressar seu desgosto em relação ao trabalho deles, né?

Acho que a culpa deles se acharem tanto (principalmente no Brasil) é dos fã-náticos.

Abraços!

segunda-feira, setembro 03, 2012  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home