quarta-feira, julho 11, 2012

NÓS, PAULISTAS FASCISTAS E HORROROSOS

Ser paulista é um inferno. Significa morar em um estado que, além de caótico, é constantemente usado como bode expiatório da babaquice que impera em todo (vamos frisar isso: TODO) país. É como se São Paulo, particularmente sua capital, fosse uma espécie de “eixo do mal”, de onde toda a escrotidão brota.

Eu sou paulista e não tenho nem um pingo de orgulho por isso - e nem vergonha, também. Na verdade, se eu tivesse nascido em outro lugar, não seria diferente. Sempre achei “nacionalismo” e “orgulho das origens” (seja da cidade, estado ou país) um troço muito besta e sem sentido. Eu mesmo adoro tirar sarro do lugar onde vivo.

Mas tenho ficado meio cabreiro com o incentivo ao bairrismo que rola tanto na internet como na imprensa em geral. Parece que virou um novo esporte nacional fazer o resto do Brasil crer que São Paulo é um enclave de estupidez. Imagine um carioca cansado do estereótipo de folgado. Ou um baiano de saco cheio da pecha de preguiçoso. É a mesma irritação que sinto.

Toda vez em que a besta do Kassab e o chuchu sem sal do Alckmin cometem uma de suas arbitrariedades, toda a população de SP é taxada de fascista (ô palavrinha fora de moda, hein, meus queridos?). Se um homossexual é assassinado ou se rola pancada em uma manifestação de rua, TODOS os paulistas automaticamente viram cúmplices, como se todos formássemos uma massa homogênea de bestialidade e intolerância.

Gostaria de saber: a partir de que momento o resto do Brasil virou um país moderno, com povo de mente aberta e políticos vanguardistas? Quer dizer que Sérgio Cabral, o governador do Rio, é um cara sensível e humanista? Que a família Sarney, que domina o Maranhão há milênios, é composta por pessoas profundamente preocupadas com o social? O país inteiro aprendeu a votar em políticos decentes, menos São Paulo?

Ok, isso quer dizer, também, que em todos os outros estados o povo é moralmente liberal e tem ideias progressistas sobre sexo, raça e comportamento? Não existe assassinato de gays em, sei lá, Goiás? A marcha da maconha seria perfeitamente aceita no Amapá? Não existe preconceito racial no Rio Grande do Sul? E que moradores de terrenos ocupados nunca são expulsos pela polícia em nenhum outro lugar do Brasil?

O pior é que paulista não pode falar mal de outras regiões do país, nem elogiar seu próprio estado, porque é logo ridicularizado por ser “xenófobo” ou por representar o ”orgulho de uma elite decadente”, uma merda dessas. Aliás, que diabo de “elite” é essa que só existe aqui? Meu Deus, quer dizer que não tem playboy metido a besta em Pernambuco ou no Paraná? Só aqui?

Vamos encarar? O Brasil é lindo, sim, mas é atrasado, conservador, desumano, intolerante, politicamente ridículo e moralmente travado. E, pior: como agora temos mais grana, viramos um país "novo rico", ainda mais jeca e preconceituoso.

Pronto, falei. Agora vamos falar de outro assunto, por favor? O que a Maria Bethânia anda aprontando, hein?

Marcadores:

36 Comments:

Anonymous Fred Martins said...

babaquice não é um "privilégio" geográfico.

quarta-feira, julho 11, 2012  
Anonymous Anônimo said...

Mi,mi,mi é só o que dá vontade dizer diante desse textinho sobre o injustiçado estado de São Paulo, onde a estudante foi condenada por pedir que afogassem nordestinos...

quarta-feira, julho 11, 2012  
Anonymous Hugo Serelo - MG said...

O sujeito que aponta o dedo chamando qualquer coisa de fascismo geralmente não faz a menor ideia do que é. Nem de que o fascismo possui muito mais elementos relacionados com a esquerda do que com a direita.

quarta-feira, julho 11, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Anônimo: mimimi pra vc também, que generaliza a babaquice de uma pessoa para um estado inteiro. Só pq o Carlinhos Brown é babaca eu vou condenar o Nordeste inteiro?

quarta-feira, julho 11, 2012  
Anonymous Fred Martins said...

Não seria bom se houvesse um aplicativo para os anônimos entenderem ironias e afins...coloca junto com o Carlinhos a turma da Tropicália também.Tem gente que da no saco.

quarta-feira, julho 11, 2012  
Anonymous Anônimo said...

Genial seu texto, é justamente isso que acontece.

quinta-feira, julho 12, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Este comentário foi removido pelo autor.

quinta-feira, julho 12, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Fred: infelizmente, para certo tipo de gente, nem aplicativo ajuda a entender ironia. Ironia exige massa encefálica, saca?

quinta-feira, julho 12, 2012  
Anonymous cristiano said...

acho que infelismente intolerancia corrupção e violencia bem como outras falhas desagraveis como essas ja são marcas indeléveis da humanidade e naturalmente cada estado se destaca mais por um defeito ou outro, mas vamos ter que concordar que o que avacalha a imagen de cada estado é a proporção com qual cada defeito se destaca sacou?
la no primeiro mundo e tambem no segundo também tem tudo que é cretinice só que tão pouca que ninguem fica prestando atenção, já aqui no brasil...
...enfim, ainda estou aguardando para me orgulhar de viver em um estado conhecido por suas boas escolas, hospitais e etc..

quinta-feira, julho 12, 2012  
Blogger Carlos Andino said...

Só vamos entender o que é essa história de bairrismo e "xenofobia cucaracha" com muito incentivo a leitura e educação.
Mas como? Eu comecei a dar aulas a aproximadamente 1 mês e vi o problema. Assim que comecei descobri que tenho que comprar meu material de trabalho (canetão de quadro branco, apagador, tinta e folhas pra impressão de provas, sendo que é obrigação do governo fornecer isso pros professores), quando chega em sala de aula dá de cara com um bando de moleques que nem ao menos sabem o que estão escrevendo e acham que o que é ensinado na escola é só um monte de porcarias inúteis (afinal na minha matéria eu não ensino a lista dos BBBs ou como virar destaque de coluna social). Sem contar que na mesma sala que tem alunos desinteressados tá cheio de projetos de Beira-Mar loucos pra te apagarem meramente pq somos as únicas pessoas que ganham dinheiro por estar lá (com excessão dos aviõezinhos e traficantes que rodeiam a escola).
Falando em salário a remuneração das aulas que lecionei este mês não foi nada animador: R$ 1530,00! Isso pq to no DF, considerado o melhor salário pra funcionalismo público. Mas vi os outros estados, no ultimo concurso pra professor no Rio de Janeiro a remuneração era de R$ 750,00.
Depois de tudo isso pode-se ver o pq desses bairrismos estúpidos e xenofobia gratuita vinda de alguns, afinal com uma educação negligenciada dessas é óbvio que não sairia nada de útil no fim das contas.
Quanto a leitura eu fiquei bestificado com o que vi em um jornal a algum tempo: O ministério da Educação e o da Cultura se uniram pra acabar com os impostos para livros, mas em contra-partida os impostos para derivados de celulose e tintas foi aumentado pra compensar os impostos perdidos nos livros. Ironia mode on!

quinta-feira, julho 12, 2012  
Blogger Walmoroso said...

Engraçado, paulistano é tudo rico, reacionário e genocida mas ninguém lembra que:

-FIlhinho playboy de diplomata toca fogo em indio no DF

-idiota egoísta atropela 3 duzias de ciclistas no RS

-Playboyzinho tenta subornar PM depois de atropelar um cara tirando racha no RJ

-Outro anormal taca fogo em mendigo na Bahia.
|Como o Fred disse lá em cima, babquice, ignorância e preconceito não tem limite geográfico.
E, se São Paulo tá parecendo um inferno agora na TV, espera que logo logo a mídia esquece daqui e vai pro seu Estado. Aí vai ser a sua vez de morar numa terra de degenerados.

quinta-feira, julho 12, 2012  
Anonymous Kat said...

Sem mais a acrescentar, falou tudo tio.
Agora, já que somos os fascistas, talvez devessemos dar um salve pro resto da galera do Eixo, vestir a camisa mesmo, o que acha?
Hahahahhaha

Mas mudando um pouco de assunto (ou talvez nem tanto), eu não resisto tio, tenho que perguntar. Dá onde veio essa do #sakamotodesaprova? Eu ri horrores... Tadinho do japa tioo

sexta-feira, julho 13, 2012  
Blogger جاهل said...

Apoiado Walter. Esse é uma fazenda velha sem porteira, é lamentável ter gente que faz questão de colocar uma cerca e chamar isso de meu país, meu estado, minha cidade, meu bairro e meu povo.

sexta-feira, julho 13, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

-Carlos: Sem educação nada muda nesse país. Enmquanto professores forem largados às moscas comoa contece EM TODO O PAíS,não tem esperança mesmo.
-Kat: esse lance do sakamoto começou no Twitter. E eu entrei na onda pq estava particularmente enojado com um texto do japa, criticando um feriado paulista e a "locomotiva do país" (Deus, como odeio esse termo!). Texto que, aliás, inspirou esse post.

sexta-feira, julho 13, 2012  
Anonymous Anônimo said...

Há outra questão que vocês não estão levando em conta: a contralização da mídia em SP e RJ. Qualquer jornal televisivo cobre quase que exclusivamente os dois estados e trata o resto do país como fundo do quintal. Sou mineiro e de vez em quando alguém ainda se lembra de falar dos nossos pães de queijo. Imagino o sujeito que mora no Mato Grosso.

É o que acontece no futebol. Cês acham que ninguém goste do Curíntia por quê? Por causa da Bandeirínthians, uai!

Esse bairrismo existe é na mídia.

sexta-feira, julho 13, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Anônimo: sim, de fato, a mídia está concentrada no eixo Rj/sp. Mas, de novo, um estado não pode ser culpado pela sua mídia. E vc acha que a Globo também não trata de sp com esterótipo? Lembra como a Globo era Flamenguista? Pois é.

sexta-feira, julho 13, 2012  
Anonymous João Batista said...

Apoiado Walter. Esse mundo é uma fazenda velha sem porteira, pena que tem quem faça questão de colocar uma cerca e dizer que esse é meu país, esse é meu povo, esse é meu estado, essa é minha cidade, esse é meu bairro.

sexta-feira, julho 13, 2012  
Blogger Tuna Fusion said...

NON DUCOR. DUCO. Tá lá na bandeira, pra quem quiser ver. Por bem ou por mal, não há Brasil sem São Paulo. Pra mim, podem falar o quanto quiserem. Os demais Estados que apresentem números mais significativos pra economia nacional, daí eu talvez leve em consideração algumas críticas. Este é o Estado que mais abriga migrantes de outras regiões. Se está tão ruim assim digo o seguinte: os que estão dentro que vão embora. os que estão fora que mandem buscar seus "irmãos". Pra quem ficar, só vai melhorar!

sexta-feira, julho 13, 2012  
Anonymous Hugo Serelo - MG said...

Opa! Perdão! O Anônimo no comentário sobre a centrazilação da mídia sou eu!

Sobre esse ódio contra SP eu acho que é antes de tudo uma questão política da patrulha ideológica. O PT tem mais dificuldades por aí. O que a princípio seria bom, mas as demais opções suas são outras belas bostas.

Abraço!

Hugo Serelo - MG.

sábado, julho 14, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Hugo: sim, esse ódio é ideológico. E isso irrita mais ainda, pois trata-se de algo irracional. Se não fosse assim o Sérgio Cabral também seria espinafrado, não é mesmo? abs

sábado, julho 14, 2012  
Anonymous Silvia said...

pois e, Tio. Sempre sobra pra Sampa. O que e injusto pra burro...
Tuna: uma correcao: e o Estado com maior número de migrantes E IMIGRANTES. Se o Brasil faz tamanha propaganda sobre ser um "cadinho cultural", "Provos vivendo em harmonia", deve isso em mais de 50% a Sao Paulo....
TIo voltando a vc- parace piada, mas comecei a escrever este post e comecou a passar um clip na TV que vc conhece bem - Everybody Wants to Rule the World, do Tears for Fears. Dois versos da musica caem como uma luva pra essa historia:
I Can't stand this indecision, married with a lack of vision, everybody wants to rule the world....
E
there's a room where the light won't find you, holding hands while the walls come tumbling down.....

PATETICO!

Ah sim...Tio, quase vomitei ontem, num restaurante portugues que vou as vezes. Estavam fazendo karaoke com uma coisa que eu poderia chamar de "tecnoforro". A coisa ta ficando cada vez pior por ai, nao?

sábado, julho 14, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Silvia: lembrar do Tears for fears afetou meu coração "anos 80"! Agora, restaurante com karaoké de tecnoforró é de uma maldade imensa!É o fim dos tempos...

sábado, julho 14, 2012  
Blogger next said...

é.. seguindo sua linha de raciocínio, qualquer generalização nesse sentido é injusta, inclusive a sua ao colocar Carlinhos Brown como nativo do 'estado' Nordeste, percebe? Mas, pensa bem, São paulo não é a única, muito menos a maior vítima disso [e eu não quero com isso 'desjustificar' seu texto, afinal você é de São Paulo, fala de São Paulo). Mas teu próprio texto meio que se condena. Eu também adoro tirar onda com estereótipos, ainda mais em cima das tantas diferenças regionais de nosso país. Mas, bicho... generalizar é a premissa inicial pra isso (ao menos enquanto se tratar de piada, não estou falando de coisa séria), com São Paulo não seria diferente...

Difícil é segurar o riso ao ver alguém "argumentar": "Os demais Estados que apresentem números mais significativos pra economia nacional, daí eu talvez leve em consideração algumas críticas". Sério, isso é um argumento? Mesmo?

segunda-feira, julho 16, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Next: a generalização com Carlinhos brown e nordeste foi feita justamente para mostrar como generalizar é algo injusto quando se faz criticas.

segunda-feira, julho 16, 2012  
Anonymous silvia said...

O Tio....falando sobre "pais atrasado", tava tecland com um amigo ai no Brasil e comentei sobre a descoberta do boson de Higgs, a tal "particular de Deus".
Ele nunca tinha ouvido falar.
aqui isso foi celebrado como se tivessem encontrado vida em Marte.
NINGUEM COMENTOU SOBRE ISSO POR AI??? Aparentemente e a maior descoberta cientifica ja feita Pela humanidade....ou algo assim...porque prova a criacao da materia a partir de energia..
Foi uma semana inteiro falando nisso aqui.
NINGUEM falou sobre isso ai? Nao saiu na Globo?

quarta-feira, julho 18, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Silvia: a descoberta do Boson deu noticia, sim. Mas muita gente nem sabe o que é isso. E nem tem interesse em saber, o que é pior.

Sabe qual foi a GRANDE noticia daquele momento? A vitoria do Corinthinas na Libertadores!!! O bóson ficou totalmente em segundo plano! Isso diz muito sobre o nosso país!

quarta-feira, julho 18, 2012  
Blogger VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil! - said...

VejaBlog
Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
http://www.vejablog.com.br

Parabéns pelo seu Blog!!!
- Walter Carrilho - Jornalismo Boçal -

Você continua fazendo parte da maior e melhor
seleção de Blogs/Sites do País!!!
- Só Sites e Blogs Premiados -
Selecionado pela nossa equipe, você está entre
os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

O seu link encontra-se no item: Blog

http://www.vejablog.com.br/blog

- Os links encontram-se rigorosamente
em ordem alfabética -

Pegue nosso selo em:
http://www.vejablog.com.br/selo

Um forte abraço,
Dário Dutra

http://www.vejablog.com.br
....................................................................

sexta-feira, julho 20, 2012  
Blogger Rodrigo said...

Walter mas todo paulista é babaca mesmo!

sábado, julho 21, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Rodrigo: como todo carioca, gaúcho, mineiro, baiano.. enfim, como todo brasileiro!

sábado, julho 21, 2012  
Blogger Luciana said...

Sei lá, Tio, me parece que essa cobrança com os paulistanos deve ser por causa da histórica posição superior aos demais estados do país. E por muitos anos, talvez por causa mesmo de ser e ter sempre sido um estado que alavancou todo esse país, a postura tenha sido de arrogância. Aí, quando alguma coisa de ruim acontece, é como se os demais se "vingassem" da superioridade de São Paulo.

Tendeu?

E bairrismo, seu lindo, é preconceito, e preconceito não tem cura e é como barata: tem em TODOS os lugares!

segunda-feira, julho 23, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Luciana: sim, essa pretensa superioridade que alguns (não todos) pregam ajuda nesse contexto. mMs eu acho que tem algo mais nesse angu.

Tem também uma questão ideologica/politica envolvida. Alguém tem que achar um bode expiatório para a babaquice nacional. E sp acaba sendo usado para o papel, saca? Como se só aqui houvesse autotitarismo, etc. A doença é mais grave do que parece!

segunda-feira, julho 23, 2012  
Anonymous Anônimo said...

Sei que não tem nada a ver com o assunto do post, mas veja só titio Walter a barbaridade que achei no linkirado:

http://www.arenafama.com/2012/07/mallu-magalhaes-sensual-e-provocante-em.html.

Não vi o clipe e não pretendo ver, mas acho que pode render um bom post.

segunda-feira, julho 23, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Anônimo: cruzes, nesse clipe mallu está tão sensual quanto uma lacraia. E como ela canta mal, meu Deus... merece post, valeu!

segunda-feira, julho 23, 2012  
Anonymous Anônimo said...

Oi eu sou Scott Lee, analista, consultor, palestrante, estrategista e escritor sobre temas relacionados com tecnologia de conteúdo digital.
Post interessante!
1023010A36D

terça-feira, julho 31, 2012  
Blogger Rodrigo said...

Se não fosse por Minas, São Paulo continuaria sendo um pantano alagado....

quinta-feira, agosto 02, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Rodrigo: o Brasil inteiro ainda é um pântano.

quinta-feira, agosto 02, 2012  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home