quarta-feira, maio 05, 2010

VOCÊ NÃO ODEIA “LOST“?

Faltam poucas semanas para Lost acabar. Aliás, já devia ter acabado. Lost é apenas um “Roque Santeiro” sem Regina Duarte: monopoliza a audiência e cria fãs doentes. A longa duração me obriga a maneirar no vinho para ter certeza de que estarei vivo para ver o último capítulo.

E não adianta dizer que se trata de “uma novela com mais pedigree”. O seriado tem tantos defeitos quanto as novelas de Janete Clair. Pra começar, convenhamos, o enredo é rocambolesco. Tem um rolo de fumaça com vida e viagens no tempo, algo tão improvável quanto uma empregada com a cara da Tais Araújo.

Para ficar idêntico só falta a Suzana Vieira fazendo o papel de perua. Tem também bebês trocados, sem falar no riozinho maneiro para os banhos sensuais a la “Pantanal” – de onde se conclui que o sucesso das ficções depende horrores do povo que vive a seco.

A vantagem é que você não comete suicídio social se admite que acompanha Lost, diferente de quem segue uma novela – a desculpa “ah, minha empregada estava assistindo” já não cola mais. Os fãs trocam teorias e links para download em uma ampla masturbação cultural.

De resto, Lost tem a vantagem de ser escrita com referências culturais mais elegantes do que as histórias do Walcyr Carrasco. Muito espectador se gabou de saber que Locke e Rousseau são sobrenomes de filósofos famosos. Mas ninguém assume que não leu nem a orelha dos livros deles. Eu assumo numa boa: não li. Mas fiz “a-haaam” quando me toquei da citação.

É para isso que serve a alta cultura pop, meus queridos: nos dar a falsa impressão de que somos superiores à escumalha das favelas e salões de beleza baratos. Pois é, mas não somos. Tentem ver mais filmes do Almódovar, quem sabe?

Marcadores:

21 Comments:

Anonymous Suzana (não a Vieira!) said...

Vc também acompanha, tio? Quem diria??????? Pensei que vc odiasse.

Eu tô me roendo de expectativa!

quarta-feira, maio 05, 2010  
Anonymous Clinton said...

Eu conheço favelado que adora Lost, Almodovar e até sabe que o nome do filósofo John Locke se escreve com "e" no final.
Concordo, entretanto, que Lost e as novelas da Globo (deixemos a Janete Clair de fora porque ela morreu há 27 anos) compartilhem semelhanças, mas não vejo problema nenhum em assistir ambas. É questão de gosto, não de inteligência.
Vá perguntar a um pós-doutorado se ele só assiste filme iraniano e nouvelle vague.
Isso é um estereótipo típico da cabeça de quem assistiu novela em excesso durante toda a vida...rs

quarta-feira, maio 05, 2010  
Blogger Walter Carrilho said...

Clinton: favelados assistindo Lost é um sinal do desenvolvimento nacional. Ninguém segura esse país!
E obrigado pela correção do "e" em Locke, um erro típico de quem vara a noite vendo episódios da bagaça -e vc percebeu o Almodóvar sem acento? Não? ok, já corrigi.
abs.
PS: a propósito, minha última novela foi "Guerra dos Sexos". Sou velho, não?

quinta-feira, maio 06, 2010  
Anonymous Flavinha said...

Adoro Lost. E adoro novela. Acho que sou doente. É foda perceber que perco tempo na frente da tv.

quinta-feira, maio 06, 2010  
Anonymous Clinton said...

Walter,

Caraca, a minha última novela foi O Rei do Gado e eu já me achava jurássico em novelas.
Então nenhum de nós está muito qualificado para julgar a qualidade das novelas atuais. Mas admita, Guerras dos Sexos foi muito melhor do que Abraços Partidos (que gostei muito, mas é um filme mediano), vai dizer que não? Rs
Aliás comparar a estética kitsch do Almodóvar com algumas novelas brasileiras dá uma boa tese de mestrado... hehehehe

quinta-feira, maio 06, 2010  
Blogger Patrícia said...

Quando eu vi um dos primeiros episódios na Globo, assim do nada, assisti uma seqüência de 5 ou 6 clichês em um espaço de menos de 20 minutos de cena e concluí que era uma merda. Graças a Deus. Hoje posso perder meu tempo com outras coisas mais inúteis, como joguinhos online.

quinta-feira, maio 06, 2010  
Blogger Walter Carrilho said...

Clinton: em termos denovela eu sou paleozóico. Guerra dos sexos para mim foi um "crááássico", u-tererê.

quinta-feira, maio 06, 2010  
Anonymous Anônimo said...

All men delusion, but not equally. Those who day-dream not later than twilight in the dusty recesses of their minds, wake in the date to espy that it was bootlessness: but the dreamers of the epoch are dangerous men, for the duration of they may deception on their dreams with unblocked eyes, to get them possible.

sexta-feira, maio 07, 2010  
Blogger Walter Carrilho said...

Anônimo: Cuma????????

sexta-feira, maio 07, 2010  
Anonymous Clovis said...

Eu também já to maneirando na comida gordurosa para não ter problemas. Quero estar vivo para ver o capitulo final - que porra é essa ilha, caralho?
abs.

sexta-feira, maio 07, 2010  
Anonymous Anônimo said...

The distinction of great men should unendingly be measured by the means they from used to come into possession of it.

sexta-feira, maio 07, 2010  
Blogger Walter Carrilho said...

Anônimo: and the book is on the table...

sábado, maio 08, 2010  
Anonymous Claudia said...

Minhas últimas novelas foram Vale Tudo e Tieta. Parei de assistir Lost na segunda temporada, no 54542º mistério. Cansei de ser feita de imbecil.

sábado, maio 08, 2010  
Blogger Leonardo Soares said...

Colocar um seriado como LOST, que eu e muitos consideram uma das melhores opcoes de entretenimento em serie da atualidade, senao dos ultimos anos, considerando a maneira sutil e inteligente com que aborda tematicas como religiao, fiolosofia e ficcao cientifica sem perder boas doses de acao, romance e entretenimento, no mesmo patamar das pobres novelas brasileiras e sua cultura de massa, que tem como exemplo a atual novela das 8, tratando de questoes sobre infildelidade e casamento, fora questoes socio economias, com tamanha banalidade e soando até caricatas na maioria das vezes, foi no minimo uma comparacao bem infeliz...

segunda-feira, maio 10, 2010  
Blogger Rodrigo said...

Quem é Walter Carrilo?

terça-feira, maio 11, 2010  
Blogger Walter Carrilho said...

Rodrigo: sou eu, prazer. Agora eu vou perguntar aos produtores de Lost quem é vc. Aposto como eles não sabem.

terça-feira, maio 11, 2010  
Blogger Rodrigo said...

Vc tem moral com os caras lá? Na boa, pede uma camiseta pra mim.

terça-feira, maio 11, 2010  
Blogger Walter Carrilho said...

Rodrigo: melhor, vou pedir o telefone da Kate. Rapaz, me amarro nela.

PS: não sei se vc percebeu no começo do texto, mas sou fã de Lost. Não? Ok, passa despercebido.

terça-feira, maio 11, 2010  
Blogger Rodrigo said...

Lost é ate mais ou menos, ainda assim prefiro Heroes!

terça-feira, maio 11, 2010  
Blogger João Carlos de Castro said...

E eu prefiro o Chaves

quarta-feira, maio 12, 2010  
Blogger Ane Brasil said...

Porra, véio, não fode!
eu não assisto novela... mas tô há uns 500 anos assistindo essa bagaça de lost... aham... já vi os vídeos do The Dharma experience e o caralho A4...
Tô é puta com esse final, que tá virando Caverna do Dragão... Tô juntando uns trocados pra ir pros isteitis pra comer de porrada os roteiristas dessa joça.
Sorte e saúde pra todos!

sexta-feira, maio 21, 2010  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home