terça-feira, dezembro 07, 2010

“PAPO RETO”

Não sou de encher o blog com texto alheio, mas de vez em quando a gente vê um texto escrito por alguém que tem coragem de atropelar a turma do discurso fácil e óbvio. Ontem vi esse texto do Luiz Felipe Pondé, na Folha de São Paulo, abordando as ações da polícia no Rio (clique no título):

A democracia da caveira

"Ver-se representado no Capitão Nascimento e no Bope não é pecado de gente reacionária "

Leiam. Leiam agora. E guardem para mostrar para aquele seu amiguinho que estuda na PUC e adora abraçar o discurso sensível e utópico de quem vê a sociedade a partir de uma varanda em Moema, ou de uma praia em Búzios.
Também sou contra a violência, pena de morte e o cacete. Mas, convenhamos, para quem vive na favela, a realidade é outra, "parceiro".

Marcadores:

2 Comments:

Blogger Giovani Mattiollo said...

E ai Walter, blz.

Estou passando hoje pedindo uma visitinha, claro, no meu blog:
http://gremista-sangueazul.blogspot.com

E também se você aceitaria fazer uma parceria em troca de links com este blog, que também é meu:

http://bergbier.blogspot.com/

E ai, o que me diz?
Abração!

quarta-feira, dezembro 08, 2010  
Anonymous Rattus said...

Eu li. Puta texto legal. Tocou na feridona mesmo.

quinta-feira, dezembro 09, 2010  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home