sexta-feira, março 02, 2012

BBB É A NOVA SOCIOLOGIA DE BALCÃO

Tem gente por aí com complexo de Sérgio Buarque. Que banca o Roberto DaMatta do Twitter. É gente que, sério, tenta entender o Brasil, e por tabela, todos os seres humanos, por meio do BBB. É mais ou menos como pedir uma porção de camarão empanado e tentar analisar a vida marítima.

Não vejo essa bagaça nem sob ameaça de castração. Mas não dá para fugir do “debate”, que invade as redes sociais e as mesas do bar. Não consigo entender esse povo indignado com o comportamento de alguns dos competidores. O alvo atual é a tal da Renata, apontada como a vadia da vez (e vadia é o xingamento mais leve que rola por aí).

Reclamam do seu comportamento piriguete, pegadora, etc. Tem mulher reclamando que ela “ofende a raça”. Queridas, se mulher pegadora “ofende a raça”, então a Deborah Secco nunca mais vai estrear uma novela na vida. Que tipo de machismo encruado é esse, meninas? Ou é apenas vergonha daquilo que, no fundo, todo mundo gostaria de fazer, mas não faz porque "tem gente olhando”?

E tem homem reclamando do comportamento “vulgar” de alguns BBBS. Estão dizendo que essa edição bate recorde em baixaria. É como pegar filme pornô e reclamar “da falta de historinha”. “Essas pessoas mostram que o Brasil não tem mais moral e respeito”. Jura? E a gente já teve tudo isso um dia?

Sejamos honestos: o que vocês esperavam do programa? História de amor e discussões sobre fé, ética e bons costumes? A ideia básica do programa é pegar um bando de bagual, enfiar em uma casa com roupas mínimas e dar álcool à vontade. A opinião pública ficou horrorizada com a possibilidade de ter rolado um estupro lá dentro. Para mim, o milagre é esse estupro só ter rolado na 12ª edição.

Querem ver pessoas trancafiadas dando exemplo de comportamento? Vão para um monastério, cazzo. Esperar que BBB  revele algo sobre o seres humanos é como torcer pelo mais bonzinho no boxe, esporte cuja graça é emular arena de gladiadores. É como ver corrida de stock car e acreditar que "ninguém vai bater". Ou acreditar que um dia a Preta Gil vai aprender a cantar. Enfim, não vai rolar, né?

Marcadores:

7 Comments:

Anonymous MInha mão direita said...

vamos combinar que o legal do BBB é ver as gostosas mesmo, hhehe. Eu teria outra razao para ver BBB?

sábado, março 03, 2012  
Anonymous M said...

E o Pedro Bial como jornalista foi para o fundo do poço com essa bagaça...

sábado, março 03, 2012  
Blogger Walmoroso said...

É...parece que, dos anos 90 pra cá, um tsunami politicamente-correto careta varreu a nação e tirou todo mundo do eixo. Ninguém mais sabe discernir graça, lixo, humor e coisa séria. Tá tudo errado. Tudo o que resta é se trancar no quartinho do pânico, tirar aqueles gibis do Geraldão e do Chiclete com Banana do armário e rezar a todos os deuses e deusas pelo pior

domingo, março 04, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Walmoroso: cara, assino embaixo. Tá todo mundo levando as coisas a sério demais!

terça-feira, março 06, 2012  
Blogger Patrícia said...

Olá Walter, compartilhando (a desgraça): "Nothing Compares To You" pode nunca ter sido uma grande obra prima, mas eu gostava da música e a careca causadora da Sinead O'Connor sabia dar o tom deprê da canção. Aí chega o Dinho Ouro Preto e destrói ela: http://soundcloud.com/sonymusic/dinho-ouro-preto-nothing
BLEEEAARRGH! Obs.: Só tem 30 segundos, mais é pior que as bombas de Hiroshima. Abraços!

terça-feira, março 06, 2012  
Anonymous Kyo Download said...

ae amigo ta fazendo parceria troca de link? gostaria dessa ajuda sua se possivel!

sábado, março 17, 2012  
Anonymous Kyo Download said...

Pronto entao men! add seu link ! coloca o meu link com o texto
" Download de Filmes " ou " Kyo Download "

sábado, março 17, 2012  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home