quinta-feira, abril 26, 2012

QUE A NATUREZA SE DANE

Eu ando meio cansado desse povo que vive me cobrando para pensar na natureza, ser ambientalmente correto, etc. Não acho justo fazer isso sem uma contrapartida. A vida do mico leão dourado pode não ser fácil, mas a minha também não é moleza. E aí, o Greenpeace topa me proteger?

Nós não pedimos para ser a espécie dominante na Terra. Os animais estão cansados de serem caçados? Sinto muito: esforcem-se mais da próxima vez e peguem um lugar melhor na cadeia alimentar.

Por que eu tenho que me preocupar com raposas e focas? Aposto que, se pudessem, elas é que usariam casacos de pele humana. Se leões tivessem espingardas e jipes tenho certeza que fariam safáris para nos caçar nas férias.

Existem milhões de espécies de animais. De repente nem precisamos de todas elas. A gazela de chifre azul está desaparecendo? Ok, ainda tem a de papo dourado, a de rabo grená, etc. Talvez não faça falta, sei lá.

E dizer que somos cruéis com os animais é exagero. A natureza já é cruel com eles. Você acha a Baixada Fluminense barra pesada? É porque nunca viu um documentário sobre o fundo do mar. Os peixes comem uns aos outros, sem pedir ou aplicar anestesia. Caem de dente em cima e pronto.

Aliás, vocês sabem como uma aranha se alimenta? Ela injeta veneno paralisante nas suas vítimas. Em seguida, injeta ácido para dissolver o bicho por dentro. VIVO! E depois chupa tudo de canudinho. A natureza é sábia? Ela é cruel, isso sim.

E seria cruel conosco também, se déssemos mole. Se as aranhas fossem grandes e inteligentes aposto como frequentariam rodízios de gente: "Quer um pedaço de asiático ou vai esperar o caucasiano ao alho?" Por isso, sempre que vejo uma aranha eu piso e sapateio. É para mostrar quem manda na bagaça. Vai que uma delas começa a ter sonhos de grandeza?

Enfim, somos a espécie dominante do planeta. E quem domina tem privilégios, sinto muito. Mas se os golfinhos ou pinguins quiserem o nosso lugar eu topo passar o comando numa boa. Desde que me deixem no zoológico, quietinho. Teria comida e tratamento médico de graça.  E todo mundo diria “Olha que coisa fofa aquele humano!”

Juro, eu topo mesmo.

Marcadores:

19 Comments:

Anonymous Hugo Serelo said...

Puta que pariu! Eu passo aqui semanalmente pra me curvar de tanto rir. Mas este post de hoje foio um dos melhores que eu já li até hoje.

quinta-feira, abril 26, 2012  
Anonymous PoPa said...

Muito bom!!!!

quinta-feira, abril 26, 2012  
Anonymous Fred Novaes said...

"Mais 90% de todas as espécies que já passaram pela terra já foram extintas, nós não matamos todas elas" George Carlim

dá no saco esses ecochatos...valeu Tio

quinta-feira, abril 26, 2012  
Anonymous Flavinha said...

Videos do national geographic mostram os animais fazendo apenas duas coisas: comendo e trepando. Comer e trepa é ótimo, mas acho que se esses aniamis se esforçassem um pouco mais dava para dominar a gente, não acha, tio?

sexta-feira, abril 27, 2012  
Anonymous Anônimo said...

Walter, vc está bem revoltado!

sexta-feira, abril 27, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Anônimo: acho que é menopausa masculina, rsrs.

sexta-feira, abril 27, 2012  
Anonymous Silvia said...

Tio Walter, estamos de telepatia, por acaso? Tem um papo muito punk por aqui a respeito dos pandas do zoo de Edimburgo que estao se recusando a transar, e um comediante teve a audacia de dizer que os pandas estao se provando naturalmente incopetentes...o coitado fou vaidao e xingado, mas eu aplaudi, e mencinei a crueldade da natureza e o exemplo dessa aranha pavorosa....
Parabens pelo post, e acho que a gente deveria fazer uma cruzada pela prservacao dos " crooners" - acabou de passar um show do Sinatra na TV e me veio um arrepio de pavor quando lembrei da danca da furadeira...

sexta-feira, abril 27, 2012  
Blogger kelli said...

Sobre a foto: "Até mais e obrigado pelos peixes?". Se sim, estará sempre em minhas orações a partir de agora. A não ser que seja ateu e não queira isso.

sexta-feira, abril 27, 2012  
Blogger Luciana said...

Tio, concordo em partes, mas o mais importante: me rasguei de rir, porque no fundo é isso mesmo!

segunda-feira, abril 30, 2012  
Anonymous Anônimo said...

Caro senhor, suas colocações são absurdas. Logo se vê o qto o senhor é revoltado com sua vida e usa isso aqui pra desabafar.
Se realmente colocassem o senhor em um zoológico, iriam deixá-lo morrer a míngua, pois ninguém iria querer cuidar de criatura tão cruel como o senhor se mostra ser.

terça-feira, maio 01, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Anônimo: que nada! Vc não imagina como tem gente de coração mole disposto a dar atenção a animais enjaulados (sejam eles micos, ursos ou humanos). E eu, revoltado com a vida? Naááá. Mas que eu gostaria de ser um golfinho, isso eu queria. Ia economizar horrors em banho.

terça-feira, maio 01, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Kelli: Sim, "Até mais e obrigado perlos peixes." Li, gostei e recomendo. Aliás, a série toda. Pode me incluir nas orações.

terça-feira, maio 01, 2012  
Anonymous Anônimo said...

estou contigo walter, outro dia assisti por trinta segundos um programa de televisão em que um cachorro de madame bebia agua mineral em uma taça de cristal, não aguentei e mudei o canal, vai por mim, logo vai ter uma sub-especie de seres humanos classificados logo abaixo desses animais

sexta-feira, maio 11, 2012  
Anonymous Alexandre said...

Olha só gastamos um dinheiro lascado para preservar um bichinho feinho e não gastamos quase nada para cuidar de outros seres de nossa espécie.... Minhão opinião é que se mantenham os bichinhos só como base para acharmos algum veneninho ou a cura para alguma coisa o resto é resto. Ha mais um detalhe f. os cachorrinhos de madame acho que tinham que virar espetinho

sábado, maio 12, 2012  
Blogger Igor Nascimento said...

Olá Walter, acompanho seu trabalho no mundo canibal. Concordo em parte. Odeio zoológicos verdadeiros criadouros de animais artificiais e sedentários.

Você só esqueceu da interdependência de cada espécie s suas relações no mundo natural, políticos e outros leigos entendem cada espécie como algo isolado, o que de fato não é.

Agora uma pergunta um pouco a ver com o assunto..e até meio idiota. Queria saber da sua opinião, você acredita no tal do "Aquecimento global". Valeu

sábado, maio 12, 2012  
Blogger Walter Carrilho said...

Igor: Acho o aquecimento global uma meia verdade. Sim, temos culpa de alguns efeitos nocivos, acredito. Mas o planeta tem seus ciclos que seguem funcionando independente de nós. O problema é que esses ciclos nos incomodam. Quando não vira pura paranoia, o aquecimento global é um tema importante. mas tem um tanto de histeria por aí. Vc concorda? abs

sábado, maio 12, 2012  
Blogger Igor Nascimento said...

Concordo, e mais....o termo aquecimento global é meio que exagerado, interverimos no clima mas de forma local, um exemplo é São Paulo...Pequim. Acretido que ainda não chegamos ainda há interferir nas regiões polares.

Não temos poder nem para destruir a Terra, nem
para salvá-la. Mas acho que ainda podemos salvar nossa espécie.

Abraço.

sábado, maio 19, 2012  
Anonymous Anônimo said...

parceria? http://www.baiixegratis.net/
pr 3 e 30k caso aceite mim informe

sexta-feira, junho 15, 2012  
Anonymous Anônimo said...

Cara, ser dominado logo pelos golfinhos??

http://www.oversodoinverso.com/5-animais-marinhos-que-voce-nao-acredita-que-podem-te-matar/

quarta-feira, junho 20, 2012  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home