sexta-feira, julho 08, 2011

TRATE FUNKEIRO COMO BEBÊ

Educar crianças não é difícil, basta ser firme. O nenê vai botar cocô na boca? A gente fala "não, nenê! Cocô fedido!” Ele quer brincar com fósforo? Diga “não, nenê,  faz dodói!” O nenê roubou a comida da amiguinha? Dê um tapinha na mão e diga que isso é “feio, muito feio”.
Crianças com 3 anos entendem esses comandos. Logo, acho que dá para ensinar esse povo lesado a usar fone de ouvido para ouvir funk, confere? Vamos tratar esses mongos como crianças, talvez funcione. Afinal, se eles são capazes de colocar esse lixo nos ouvidos, não duvido que eles também topem meter cocô na boca.
Vamos ajudá-los. Na próxima vez que pintar um infeliz ouvindo aquela música que mistura batuque de macumba com voz de araponga, lembre-se do tapinha educativo: “Feio, nenê, ouvir funk sem fone é feio!”

O playboy tá passeando de Mercedes conversível ao som de “Rap das armas”? Quer mostrar que é rico mas, tipo assim, entende a cultura das bases? Bom, aí parta para o chute na lanterna. “Feio, nenê, muito feio. Vai ouvir Funk em Maresias, nenê!” Tem gente que não saca esse lance de tapinha, manja?
E vamos deixar claro: não é nem preconceito com funk. É que eu nunca vi alguém ouvindo Mozart sem fone. Logo, deve ser uma falha cognitiva mesmo. Lembrando: o walkman foi inventado há 32 anos. Nem assim esses putos aprendem. 
No Facebook tem a campanha “Doe um fone de ouvido para um funkeiro”. Eu concordo e assino embaixo. Mas se não resolver, acho melhor partir pro tapa mesmo.

Marcadores:

13 Comments:

Anonymous eu said...

Nem com fone de ouvido daria certo pq esses filhos da puta de funkeiro poem o "voce,voce,voce..." no ultimo volume e a gente tem que aguentar essa disgraça de funk e o pior e que nos estados unidos o funk e ate um estilo de musica respeitado foi so chegar no brasil e viro musica pra favelado e pra prostituta.

sexta-feira, julho 08, 2011  
Blogger IcE said...

Walter, eu acho um crime denominar esse tipo de barulho como funk.

sexta-feira, julho 08, 2011  
Blogger André Luiz said...

Putz meu camarada, vc se supera a cada post! Costumo reproduzir na minha página pessoal sempre!(dando o crédito, claro!) Abraços!

sábado, julho 09, 2011  
Anonymous Silvia said...

Eu estava vendo o Kool and the Gang no festival semana passada, e foi MUITO BOM! Lindo, mesmo. Ai fiquei me perguntando qual seria o misterioso fenomeno que fez a musica negra passar de jazz, soul, Motown, etc ( coisas excepcionalmente BOAS) pra esse lixo que temos hoje.
Abdocao alienigena? Raios gama vindo do espaco? Experimentos de engenharia genetica? Porque a comparacao e simplesmente ALARMANTE sobre como era ha 50 ou mesmo 20 anos atras e como e hoje.
O que voce acha, Tio Walter?

sábado, julho 09, 2011  
Anonymous N said...

Apenas um idiota gosta, o resto escuta porque está na moda...

sábado, julho 09, 2011  
Blogger Walter Carrilho said...

Sílvia: A música negra de bandas como Kool and the Gang está em outra família da música. Aliás, o funk carioca nem música é. Não fazem parte da mesma árvore genealógica!

domingo, julho 10, 2011  
Anonymous Anônimo said...

tarefas substantivos encaminhados procedidas jornal ultrapassem crescermos data eróticos arranjar

terça-feira, julho 12, 2011  
Blogger Tuna Fusion said...

nos anos 80 (pra quem ainda não tinha nascido, ou já tinha nascido, mas ainda não tinha adquirido consciência das coisas) Laerte Sarrumor cantou: PUNK NÃO AFUNDA... Hoje sei que o funk tb não afunda!!

terça-feira, julho 12, 2011  
Blogger Walter Carrilho said...

Anônimo: É isso aí. Ou não.

quarta-feira, julho 13, 2011  
Anonymous Rattus said...

É sempre alguém com péssimo gosto pra música. funk, pagode, axé. Como um mané desses pode ter orgulho da música que ouve? Num entendo.

quarta-feira, julho 13, 2011  
Anonymous eu said...

Amigos, nesse sagrado Dia Mundial Do Rock, oremos:
ROCK NOSSO QUE ESTAIS NA VEIA, ESCUTADO SEJA VOSSO REFRAO, TANTO EM CASA QUANTO NO SHOW; O ROCK NOSSO DE CADA DIA OUVIMOS HOJE, PERDOAI AQUELES COM MAL GOSTO, ASSIM COMO NOS PERDOAMOS AQUELES QUE ESCUTAM SERTANEJO, E NAO NOS DEIXEIS OUVIR PAGODE, MAS LIVRAI-NOS DO FUNK. AMEM.

quarta-feira, julho 13, 2011  
Anonymous Anônimo said...

Eu - sensacional a oração!hehehehe

quinta-feira, julho 14, 2011  
Blogger Patrícia said...

Não sei o que o "Anômalo" ali em cima quis dizer, mas acho que depois de postar aqui ele foi pro porntube.

domingo, julho 17, 2011  

Postar um comentário

Link permanente para este post:

Criar um link

<< Home